Lance Em carta, Maurício Galiotte fala em 'alma lavada' do Palmeiras

Em carta, Maurício Galiotte fala em 'alma lavada' do Palmeiras

Presidente escreveu para homenagear o Palmeiras pelos 106 anos de fundação e lembrou da conquista recente do Campeonato Paulista, título que o Verdão não vencia há 12 anos

Lance
Lance

Lance

Lance

O presidente Maurício Galiotte, em carta, desejou os parabéns ao Palmeiras pelos 106 anos de fundação comemorados nesta quarta-feira (26).

Galiotte lembrou dos primeiros passos da construção do Palmeiras até os dias de hoje, com o título do Paulistão de 2020. O mandatário falou em "alma lavada" com a conquista que não vinha há 12 anos, justamente quando o Vanderlei Luxemburgo era o treinador.


Confira a carta na íntegra:

Jovens, entusiastas, idealistas, intelectuais, esportistas, operários, apaixonados e quem se sentiu representado naquelas linhas escritas em carta aberta publicada no jornal ítalo-paulistano “La Settimana di Fanfulla” em agosto de 1914, pelo jornalista Vincenzo Ragognetti, convocando-os para a formação de uma associação que os pudesse representar no campo social e desportivo, não poderiam imaginar que aquele sonho juvenil chegasse aonde chegou.

Com 106 anos de vida que completamos hoje, reflito: o que nossos fundadores, se vivos, diriam para nós ao ver a nossa caminhada? Qual a saudação que eles bradariam a toda nossa coletividade? O que projetariam para o nosso futuro?

Nós procuramos responder com profunda humildade a essas questões, com trabalho incansável, dedicação plena, amor incondicional e fé inabalável, sempre com base nos valores e exemplos que eles nos deixaram desde a nossa abençoada fundação naquele dia 26 de agosto, no Salão Alhambra, no centro da capital paulista.

Essa trajetória e grandeza são escritas há mais de um século com um esforço coletivo, respeito e lealdade. Essa tradição se materializa em conquistas, que simbolizam a emoção e o sentimento de cada um que defendeu, defende e defenderá as cores alviverdes. Essa nossa paixão é comum a milhões de almas que hoje celebram mais um natalício da Sociedade Esportiva Palmeiras.

Construir a história e mantê-la sempre com protagonismo, dentro e fora do campo, é a nossa missão. Todos que têm a honra de ocupar o posto mais alto desta amada instituição devem se nortear em suas ações por essa premissa fundamental.

Em um ano em que uma terrível pandemia assola o mundo com dor, tristeza, incertezas e sombras, procuramos, com ações concretas, trazer a esperança e acolher o máximo de pessoas que nos cercam. Na retomada do futebol, conseguimos um feito que há tempos sonhávamos. A conquista do título de campeão paulista diante do maior rival, algo que muitos da atual geração de torcedores nunca haviam experimentado, nos fez lavar a alma e nos impulsionar para novos objetivos com ainda mais entusiasmo e vigor.

Que tenhamos capacidade e força para dar ainda mais alegrias a nossa apaixonada torcida. Para tanto, entendemos que a unidade da família palmeirense precisa ser completa e devemos caminhar juntos nos mesmos ideais. Sempre que adotamos essa condição, o Alviverde se fez ainda mais imponente.

Feliz aniversário à Família Palmeiras!

Últimas