Lance EligaSul: organização brasileira é a primeira do mundo a ser campeã no Fifa e PES

EligaSul: organização brasileira é a primeira do mundo a ser campeã no Fifa e PES

Com resultados recentes, grupo chegou ao terceiro lugar no ranking mundial da Fifa

Lance
Lance

Lance

Lance

A conquista do título do Mundial de Clubes do Fifa 21 na América do Sul, disputado na última semana, representou um feito histórico para a eLigaSul, organização brasileira de Pro Evolution Soccer e Fifa. A equipe se tornou a primeira no mundo a vencer o Mundial tanto no PES quanto no Fifa.

Fundada no final de 2017, a equipe logo ganhou destaque no cenário continental do PES, ao ser campeã da PES League 2018, torneio que garantiu vaga no Mundial daquele ano, disputado em Londres, na Inglaterra. Mas o título da competição mais importante do mundo só veio no ano seguinte, no modo cooperativo, em final disputada no Fly Emirates, estádio do Arsenal-ING. O trio da organização era formado por GuiFera, Ralph Monteiro e Alemão.

Tendo o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho como embaixador, em outubro de 2019 a eLigaSul adentrou o modo competitivo do Fifa, com a R10Team. Pouco mais de um ano depois, a equipe tem três atletas entre os quatro primeiros colocados do ranking da modalidade da América do Sul: PHzin (1°), GabrielPN (3°) e Rampazzo (4°). E na última sábado, com PHzin e Matheus MH7, atingiu um feito inédito ao vencer o Mundial da modalidade, se tornando a única equipe a conquistar o mundial de Fifa e de PES.

No ranking oficial do Fifa eSports, a eLigaSul ocupa a terceira posição mundial

No ranking oficial do Fifa eSports, a eLigaSul ocupa a terceira posição mundial

Lance

No ranking oficial do Fifa eSports, a eLigaSul ocupa a terceira posição mundial

O sucesso não chegou por acaso. Ele já era esperado pelos gestores, mas não de forma tão meteórica:

"É difícil prever tantos títulos tão rápido, né! Mas como nós juntamos os melhores players e proporcionamos uma estrutura muito boa, com estratégia detalhada, aí o resultado vem ao natural. O investimento é grande: consoles, monitores, salários em dia, viagens… e o resultado chega, mais cedo ou mais tarde", diz Renato Sá Neto, um dos diretores da organização.

Profissionalismo e seriedade são características marcantes da organização. Em 2020, foi inaugurada a gaming house da organização, onde os atletas têm disponível uma boa estrutura tecnológica para treinos, além de psicólogos, fisioterapeutas, massoterapeutas, nutricionistas, hipnólogo e estúdio de pilates. O espaço ainda não abriga os players de forma definitiva. Eles passam temporadas na casa para treinos e preparação para torneios importantes.

E pensando no futuro, a organização assinou um contrato de 10 anos com o atleta Danielzinho. Por ter apenas 15 anos, ele ainda não pode jogar torneios oficiais da EA, que tem 16 como idade mínima. Para ganhar experiência, será o titular da R10Team ao lado de PHzin no torneio KOEL, que acontece no fim do mês.

Danielzinho assinou o contrato mais longo do cenário do futebol virtual nacional

Danielzinho assinou o contrato mais longo do cenário do futebol virtual nacional

Lance

Danielzinho assinou o contrato mais longo do cenário do futebol virtual nacional

O menino está bastante animado com o acordo firmado, e espera retribuir a confiança depositada nele.

“Estou muito feliz, é uma parceria muito grande. Estou muito ansioso para a próxima temporada, espero que toda dedicação e empenho tragam bons resultados. Na Koel, vou jogar ao lado de um grande amigo, que é o PHzin. Vamos pra cima com respeito, mas com o lema da R10, que é jogar bonito!” disse.

O diretor Renato garante que o jogador terá muito sucesso na carreira:

"Anota aí. Ele será campeão mundial".

Últimas