Djokovic perde vantagem no ranking da ATP

Sérvio descartou pontos de Roma onde caiu na final

Lance
Lance

Lance

Lance

Novak Djokovic manteve a liderança do ranking nesta segunda-feira em sua 321ª semana no topo da Associação dos Tenistas Profissionais. Ele perdeu 400 pontos da não defesa do título no Masters 1000 de Roma, na Itália.

Djokovic caiu para 11.063 pontos contra 9793 do russo Daniil Medvedev que segue na vice-liderança. Rafael Nadal defendeu a conquista de 2019 e ficou com 9650. Djokovic só será ameaçado por Medvedev em Roland Garros. Ele descarta 1200 enquanto que Nadal terá 2000 a descontar. Já Medvedev não defende nada, mas nunca venceu uma partida no Aberto da França e tem raros bons desempenhos no saibro. Dominic Thiem é o quarto com 8445 e descarta 1200 da campanha de 2019 em Paris não tendo chances de passar Nole.

Stefanos Tsitsipas perdeu espaço no ranking de entradas e ficou com 7430 e vê a aproximação de Alexander Zverev que pulou para 7115. Andrey Rublev, Roger Federer, Matteo Berrettini e Diego Schwartzman completam o top 10. Jannik Sinner, de 19 anos, subiu um e foi ao 17º com seu melhor ranking, o ascendente russo Aslan Karatsev subiu dois e é o 25º, também melhor desempenho, o italiano Lorenzo Sonego, semifinalista em Roma, subiu cinco e é o 28º.

Últimas