Lance Djokovic encara mídia australiana após ser deportado: 'Nunca vou esquecer'

Djokovic encara mídia australiana após ser deportado: 'Nunca vou esquecer'

Sérvio disse ter aprendido com a experiência e não sabe o que esperar do público

Lance
Lance

Lance

Lance

Novak Djokovic encarou, nesta quinta-feira, pela primeira vez a mídia australiana desde o episódio onde foi deportado do país após tentar entrar sem a vacina e com uma isenção não verificada.

O sérvio disse não esquecer o episódio: "Obviamente o que aconteceu doze meses atrás não foi fácil para mim, para minha família, equipe, qualquer pessoa próxima a mim. É obviamente decepcionante deixar o país assim. Você não pode esquecer esses eventos. É uma dessas coisas que fica com você, acho que pelo resto da vida. É algo que nunca experimentei antes e espero que nunca mais", apontou o sérvio que destacou o aprendizado.
“Mas é uma experiência de vida valiosa para mim e algo que, como eu disse, vai ficar lá, mas tenho que seguir em frente."

A Austrália é onde tem mais sucesso com nove títulos e Djokovic está feliz pelo retorno: "Voltar para a Austrália mostra como me sinto sobre este país, como me sinto jogando aqui.”

Admitindo que não tem certeza sobre a recepção que receberá do público, Djokovic pretende retomar seu domínio: "É ótimo estar de volta à Austrália. É um país onde tive um tremendo sucesso em minha carreira, principalmente em Melbourne. É de longe o meu Grand Slam de maior sucesso. Espero que tudo seja positivo. Obviamente (a reação dos fãs) não é algo que eu possa prever. Farei o possível para jogar um bom tênis e levar boas emoções e bons sentimentos à torcida.”

Sobre seu primeiro compromisso, o ATP 250 local que começa na segunda-feira, ele descreveu: “Realmente não é um evento de 250, parece que é um evento de 500 ou talvez até 1000. Alguns dos melhores jogadores do mundo estão jogando aqui".

Últimas