Lance Djokovic emite nota, admite erros e diz que houve desinformação

Djokovic emite nota, admite erros e diz que houve desinformação

Sérvio só não explicou denúncia que teste teria sido feito dias depois do informado

Lance
Lance

Lance

Lance

Novak Djokovic, número 1 do mundo, emitiu uma nota oficial na noite desta terça-feira, tarde de quarta na Austrália. Ele explicou as informações erradas fornecidas na chegada na Austrália e admitiu erro ao ir a uma sessão de fotos com o L´Equipe.

Djokovic só não explicou a notícia do Der Spiegel onde há controvérsias nas datas dos exames de COVID-19 fornecidos por ele às autoridades australianas. Nole chamou de desinformação as últimas notícias que vêm saindo sobre ele.

"Quero falar sobre a contínua desinformação sobre minhas atividades e eventos que fui após meu exame positivo de PCR.

Essa desinformação precisa ser corrigida, particularmente para aliviar as preocupações da comunidade sobre minha presença na Austrália e as questões que vêm sendo dolorosas para minha família causando preocupação.

Quero enfatizar que tentei duramente garantir a segurança de todos em conformidade com minhas obrigatoriedades de testes.

Fui a um jogo de basquete no dia 14 de dezembro onde foi reportado que vários deram positivo para COVID . Mesmo sem ter nenhum sintoma, fiz um antígeno rápido no dia 16 de dezembro, que deu negativo e também fiz um PCR aprovado no mesmo dia.

No dia seguinte fui a um evento em Belgrado para apresentar premiação a crianças e fiz um antígeno rápido antes do evento, que deu negativo.

Estava assintomático e me sentindo bem e não tinha recebido notificação do PCR até ir a esse evento.

No dia seguinte estava em minha academia em Belgrado e atendi um compromisso com o L´Equipe de longa data com uma entrevista e sessão de fotos. Cancelei todos os outros eventos menos essa entrevista. Me senti na obrigação de não deixar o jornalista na mão , mas ter a certeza que mantive o distanciamento e usava máscara exceto no momento das fotos. Enquanto voltava para casa para me isolar pelo período adequado tive um erro de julgamento e aceitei que deveria ter remarcado esse compromisso.

Na questão da minha declaração de viagem, ela foi feita por minha equipe em meu nome - como eu disse aos oficiais na chegada - e meu empresário pede desculpas pelo erro administrativo em marcar a caixa incorreta sobre minhas viagens anteriores a Austrália. Foi um erro humano e não deliberado. Vivemos momentos desafiadores em uma pandemia global e às vezes esses erros acontecem. Hoje meu time deu informações adicionais ao governo para clarificar as questões.

Enquanto acho que foi importante explicar sobre a desinformação, não irei mais comentar em respeito ao governo australiano e suas autoridades e o processo corrente. É sempre uma honra e privilégio jogar na Austrália. O Australian Open é amado pelos jogadores , fãs e a comunidade. Eu só quero ter a oportunidade de competir contra os melhores do mundo e performar em um dos melhores públicos do mundo".

Últimas