Lance Djian aponta motivo para o rebaixamento do Cruzeiro em 2019 e esclarece relação com agenciamento

Djian aponta motivo para o rebaixamento do Cruzeiro em 2019 e esclarece relação com agenciamento

Ex-diretor de futebol da Raposa falou com exclusividade ao Lance!

Lance

Diretor de futebol do Cruzeiro entre 2017 e 2019, Marcelo Djian conversou com o Lance! e abriu o jogo sobre o rebaixamento da Raposa. Para ele, o atraso nos salários dos atletas foi o principal fator para a queda do clube mineiro.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

- Entre julho e agosto os salários começaram a atrasar, e isso dificultou bastante. Tem times que caem com os salários em dia, mas isso atrapalhou. Perdemos o Arrascaeta no início de 2019, mas o problema dos salários foi um fator predominante para a queda e o ambiente ruim no segundo semestre - revelou Djian ao Lance!.

Marcelo Djian teve o seu nome ventilado para ser o executivo de futebol no Corinthians na gestão de Augusto Melo. As especulações não repercutiram bem entre os torcedores corintianos, que relembraram o histórico de Djian como empresário. O ex-jogador do Timão colocou panos quentes na situação e afirmou que não trabalha com agenciamento de jogadores desde 2017. 

+ Veja como ficou a tabela do Brasileirão após a última rodada

- Está se falando que eu era empresário, e desde 2017 eu não faço nenhuma negociação. Infelizmente a função de empresário não é bem vista. Mas não tenho nenhum jogador e não faço nenhuma negociação desde 2017 - disse Djian.

Djian não trabalha com futebol desde o início de 2020, quando foi demitido do Cruzeiro, onde exercia o cargo de diretor de futebol. O profissional quer voltar a ocupar um cargo administrativo no futebol em 2024.

Últimas