Lance Diretor da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos pede demissão

Diretor da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos pede demissão

Nas vésperas do evento, Kentaro Kobayashi deixou a organização da festa após vazamento de um vídeo pessoal, de 1998, onde o diretor faz piada sobre o Holocausto

Lance
Lance

Lance

Lance

Com pouco mais de 24 horas para a Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, um diretor do evento pediu demissão. Nesta quinta-feira, Kentaro Kobayashi deixou a organização da festa por conta do vazamento de um vídeo onde ele faz piada com o Holocausto. A presidente do Comitê Organizador das Olimpíadas, Seiko Hashimoto, anunciou a saída de Kobayashi.

+ Veja o resumo do dia nos Jogos Olímpicos de Tóquio

+ Brisbane é escolhida com sede dos Jogos Olímpicos de 2032

- Kobayashi disse que, no passado, fez coisas não apropriadas na época. Em seu pedido de demissão, ele disse: “De fato quando eu olho pra essa situação eu compreendo que não tenha feito rir muita gente fiz troça de fatos históricos. Hoje, sei que devo apresentar minhas desculpas, muitas pessoas se sentiram incomodadas.” Ele pediu demissão, e aceitamos esse pedido - disse Hashimoto.

+ Atleta australiano é pego no doping e está fora das Olimpíadas

- Não conseguimos investigar todo o passado das pessoas envolvidas com os Jogos. A responsabilidade final está sobre mim. Não queremos nenhum constrangimento para o povo japonês - completou Hashimoto. O vídeo em questão teria sido gravado em 1998 na época de comediante de Kobayahshi.

Últimas