Lance Denílson ironiza chances de Libertadores para o São Paulo: 'Não vamos iludir os torcedores'

Denílson ironiza chances de Libertadores para o São Paulo: 'Não vamos iludir os torcedores'

Comentarista do 'Jogo Aberto' não mostrou confiança em uma classificação do Tricolor para o principal torneio do continente

Lance
Lance

Lance

Lance

Ex-jogador e atual comentarista do "Jogo Aberto", da Band, Denílson foi bem direto ao falar sobre as chances do São Paulo em se classificar para a Libertadores de 2023. Segundo ele, o Tricolor não está na disputada pela vaga e o torcedor não pode continuar sendo iludido com essa possibilidade.

+ São Paulo define futuro de Ceni e Patrick, Gerson se despede de companheiros na França… O Dia do Mercado!

Ao falar sobre o Goiás, adversário do São Paulo na última rodada do Brasileirão, Renata Fan mencionou a partida como um tom de "decisão" para o time de Rogério Ceni, que, momentaneamente, ocupa a décima posição da tabela e está a apenas um ponto do G8 - zona de classificação para a Libertadores - Denílson ironizou a apresentadora e minimizou as chances do Tricolor.

- Amistoso, né? O São Paulo a essa altura não não está lutando por nada - afirmou Denílson.

Na sequência, Renata questionou se o comentarista, que é muito identificado com o clube, tinha "jogado a tolha" pela disputa da vaga e o ex-jogador brincou com a situação.

- Que Pré-Libertadores?! Não vamos iludir os torcedores mais não. Vamos acabar esse ano do jeito que está e está bom. Termina ali em 10° colocado e está tranquilo. Já era (a classificação), não vamos iludir mais não - afirmou.

+ Ceni fala em tom de despedida sobre Miranda e prevê corte na folha de pagamento do São Paulo

A derrota do São Paulo para o Internacional, na última terça-feira, colocou em xeque o futuro da equipe na briga por uma vaga na Libertadores. Sem conseguir sair com os três pontos, o Tricolor despencou para a décima colocação, com 51 pontos, podendo ser ultrapassado pelo Botafogo, que joga contra o Santos nesta quinta-feira no Rio de Janeiro.

Últimas