Lance Deliberativo do Vasco confirma reforma do estatuto com eleições direitas; falta só a Assembleia Geral

Deliberativo do Vasco confirma reforma do estatuto com eleições direitas; falta só a Assembleia Geral

Em reunião por videoconferência, pauta aprovada no último encontro presencial antes da pandemia de Covid-19 foi referendada. AGE está agendada para o dia 25 de agosto

Lance
Lance

Lance

Lance

Mais um dia importante nos bastidores do Vasco. Já no fim da noite desta terça-feira, o Conselho Deliberativo do Vasco aprovou a ata da reunião do dia 3 de março e, assim, referendou a reforma no estatuto com a abrangência das eleições diretas.

Foi a primeira reunião por videoconferência da história do Deliberativo, e terminou com 124 votos a favor, 61 contra e 13 abstenções (entraram na sala virtual e saíram antes da votação). A reunião que havia terminado a longa discussão e aprovado a reforma do estatuto foi no início de março, e acabou sendo a última antes de a pandemia chegar ao Brasil.

O presidente do clube, Alexandre Campello, foi ausência, tendo alegado urgência médica. O último passo para a validação estatuto é a votação na Assembleia Geral, agendada para o dia 25 de agosto. Nesta quarta-feira, a Junta Deliberativa do clube tem reunião, também por meio virtual, para validar ou não a lista de sócios aptos a votar conforme detalhamento financeiro apresentado por Campello na última quinta-feira.

Justiça
Há expectativa de que sócios que não constarão na lista de aptos a votar entrem com medidas judiciais para mudar tal ação. Reunião recente da Junta excluiu anistiados e reinseriu outros sócios no quadro.​ Conselheiros presentes no encontro desta terça entendem que alterações feitas no texto, mesmo que consideradas pequenas para alguns, também podem gerar futuras judicializações.

Últimas