Del Potro é confirmado no Rio Open

Argentino volta ao Rio de Janeiro após Olimpíadas e faz segundo torneio no retorno após lesão

Lance
Lance

Lance

Lance

Um dos nomes mais pedidos pelo público brasileiro, o argentino Juan Martin Del Potro confirmou nesta segunda-feira a sua participação na edição de 2022 do Rio Open que começa no próximo dia 14, no Jockey Club.

Já estão garantidos no maior torneio da América do Sul os top 10 Matteo Berrettini e Casper Ruud, o austríaco Dominic Thiem e os espanhois Carlos Alcaraz e Pablo Carreño Busta.

"Vai ser muito especial voltar ao circuito em Buenos Aires e jogar no Rio também. Trabalhei muito e fiz todo o esforço possível para estar com vocês nas próximas semanas. O Rio de Janeiro tem um lugar especial no meu coração e estou ansioso para estar de volta ao circuito e jogar o Rio Open pela primeira vez," disse Del Potro.

No circuito da ATP, o tenista disputou apenas dois torneios no Brasil: em 2006, na Costa do Sauípe, e nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016, onde superou Djokovic e Nadal pelo caminho, conquistando de vez os fãs brasileiros com seu carisma, garra e superação e foi medalha de prata. Um dos nomes mais queridos do circuito pelo público, Del Potro tem 22 títulos, incluindo o US Open em 2009, além de ter atingido a 3ª colocação do ranking da ATP em 2018. Del Potro também liderou a equipe argentina na conquista da primeira Copa Davis do país em 2016 e foi medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012.

O tenista passou por uma quarta cirurgia no joelho e está fora de ação desde o ATP 500 de Queen's, em 2019. Focado no retorno às quadras, Del Potro vem treinando no saibro para retomar a competição no ATP 250 de Buenos Aires e no Rio Open, pela primeira vez na sua carreira.

“Sempre foi um sonho ter o Del Potro jogando o Rio Open. Trabalhamos muito para isso. Desde que fechamos o acordo que ele faria sua volta ao circuito na América do Sul temos acompanhando o longo processo de recuperação do joelho, torcendo pra que ele estivesse 100% em fevereiro. Espero que o público brasileiro que tem tanto carinho por ele aproveitem muito essa oportunidade de vê-lo em ação no Rio," disse Luiz Carvalho, Diretor do Rio Open.

Últimas