Lance De volta após 3 anos, Follow the Beach Copacabana leva esporte a outro patamar

De volta após 3 anos, Follow the Beach Copacabana leva esporte a outro patamar

Competição tem 2 mil atletas de 16 países e retorna desde 2019 após pandemia com estrelas do esporte

Lance
Lance

Lance

Lance

Foram três anos de ausência por conta da pandemia. E agora o Follow the Beach Copacabana retorna ao calendário dentro do Big 3 junto com Aruba e Porto Rico e como o maior evento do mundo com dois mil atletas de todo o Brasil e 16 países, distribuindo R$ 300 mil em premiação.

Os principais nomes do mundo estão na praia de Copacabana, onde já disputaram o Desafio das Estrelas na noite de quarta-feira e iniciaram a disputa de Simples nesta quinta se preparando para os principais eventos de Duplas Masculino e Feminino no final de semana. Já nos primeiros dias as impressões são as melhores do significado da competição.

"O evento está maior que a última edição, área VIP para os atletas poderem descansar e se concentrar nos jogos, bem bacana. A primeira edição de 2018 já mudou o patamar do esporte, vários organizadores se espelharam e melhoraram baseado naquele torneio e o deste ano é ainda maior, algo não visto no esporte. Sem dúvida segue a tendência de crescimento do esporte e vai virar referência para outros torneios", disse Michelle Cappelletti, tetracampeão mundial.

Melhor do Brasil e no top 8 mundial, o catarinense André Baran adicionou sobre a importância do Follow the Beach Copacabana. Ele foi vice-campeão na edição de 2019: "Deu pra ver um crescimento absurdo, muitas pessoas novas no Beach Tennis, amadores apaixonados, pessoas pela primeira vez no campeonato, de todo lado do Brasil, de Norte a Sul. Galera nova, curtindo. O esporte cresceu, chegou em todos os pontos do Brasil.", apontou o atleta que não vê limites no crescimento da modalidade: "A gente sonha com uma Olimpíada, sonhamos que o Estados Unidos abrace também pois é uma grande potência. O Beach não tem fronteiras. É estar na mão das pessoas certas promovendo o evento como está sendo promovendo aqui que o negócio vai longe"


Parceiro de Baran nas duplas e uma das sensações da temporada, Theo Irigaray destacou a importância do evento: "Como sempre o Follow the Beach tem estrutura muito grande , muita gente para torcer. Estou muito feliz com o evento, organização top . Com certeza pode elevar o Beach Tennis . Depois da pandemia, o Beach Tennis aqui no Brasil cresceu muito e cada torneio está sempre maior e acho que ano após ano será ainda maior", apontou o francês das Ilhas Reunião, que vive na Itália.

"Copacabana foi onde praticamente o Beach Tennis começou no Brasil praticamente. Impressionante como tem gente assistindo aos jogos aqui, arquibancada bem grande", apontou o espanhol Antomi Ramos, que se radicou em Campinas (SP).

Ninny Valentini, top 10 mundial, comemorou o grande evento de volta a um lugar que ama, o Rio de Janeiro: "Sempre é um prazer vir ao Brasil pois o Beach está crescendo, eu amo o Rio de Janeiro e a quadra central é linda. Beach é o mais bonito esporte do mundo, todos podem jogar , é um esporte família", apontou Valentini.

Rafael Moura, artilheiro do futebol que passou pelos maiores campos do país pelo Corinthians, Atlético (MG), América (MG), Botafogo, Fluminense, Internacional, Goiás e outros clubes, está se profissionalizando no Beach Tennis e comparou o evento na Praia de Copacabana aos maiores do mundo do futebol: "Um belíssimo campeonato, se fosse comparar com o futebol seria uma Champions League ou uma Copa do Mundo tamanho a organização, qualidade, os inscritos, o público , os profissionais, presença do Alessandro Calbucci e equipe da organização maravilhosa", disse o atleta que perdeu no quali de simples e segue na disputa no quali de duplas por vaga na chave principal.


Alessandro Calbucci, pentacampeão mundial e embaixador do evento, acrescentou: "Em 2018 e 2019 o Follow de Copacabana mudou o patamar do Beach Tennis, conseguimos um baita crescimento nos últimos anos e agora esta competição com dois mil atletas se tornou ainda mais grandiosa seguindo a tendência que o esporte está caminhando. Estamos muito felizes e empenhados e buscando desenvolver o esporte".

Local: Praia de Copacabana - Entre os Postos 2 e 3

A entrada é gratuita ao público até lotar a capacidade


TRANSMISSÃO - A transmissão dos jogos da quadra central acontecem pelo portal R7.com e pelo link https://bit.ly/FTBStreaming

Últimas