Lance Cuiabá emite nota oficial contra a realização do show de Gusttavo Lima na Arena Pantanal, dias antes da estreia na Sul-americana

Cuiabá emite nota oficial contra a realização do show de Gusttavo Lima na Arena Pantanal, dias antes da estreia na Sul-americana

Diretoria do clube alega que o gramado será prejudicado com o evento do cantor e assim não beneficiará o Dourado na primeira partida da competição continental

Lance
Lance

Lance

Lance

O Cuiabá divulgou na tarde desta quinta-feira (17), uma nota oficial sobre a utilização da Arena Pantanal para o show do cantor Gusttavo Lima, dias antes da estreia do clube na Copa Sul-americana 2022. O clube reprovou a realização do evento e alega que o estado do gramado pode ser prejudicado e assim ser um lado negativo para a equipe no primeiro jogo internacional de sua história.

CONFIRA A NOTA OFICIAL DIVULGADA PELO CUIABÁ:

O Cuiabá Esporte Clube volta a manifestar seu repúdio quanto à realização da utilização da Arena Pantanal para o show do cantor Gusttavo Lima no dia 19 de março, às vésperas de nossa estreia na Sul-Americana.

A empresa World Sports, responsável por cuidar do gramado do estádio, determinou em documento enviado ao clube que o tempo mínimo para deixar o local em boas condições é de 60 dias. A estreia do Dourado no torneio continental será no início de abril, tempo insuficiente para a recuperação adequada do local.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) emitiu um ofício em apoio ao Cuiabá EC e reafirmou a possibilidade de a Conmebol vetar a utilização do estádio caso o show seja realizado. A competição é considerada uma das mais importantes para a agremiação nesta temporada e é uma oportunidade de mostrarmos Mato Grosso para toda a América do Sul.

Ressaltamos que o Cuiabá EC investe na manutenção do gramado da Arena Pantanal, com gastos anuais aproximados em R$300 mil. O trabalho é feito há mais de dois anos pela empresa World Sports, e a qualidade e a estrutura deste modelo de gestão tem atraído a atenção de outros clubes e entidades para a realização de seus jogos.

Apesar de o Governo do Estado garantir que a realização do show não inviabiliza o uso do estádio, com a justificativa de que todo o gramado será trocado, o clube não acredita que duas semanas serão suficientes para recuperação do local. Além das condições do campo, o tapete que seria colocado para receber as 30 mil pessoas previstas para o evento prejudicaria gravemente o sistema de drenagem da Arena.

O Cuiabá Esporte Clube não é o dono da Arena Pantanal e não se sente no direito de determinar o que vai acontecer ou não, mas tem a obrigação de preservar o nosso direito de atuar em um gramado de alto nível, apropriado aos investimentos realizados e às competições que disputamos atualmente. É preciso salientar que, nas outras grandes arenas do país, os shows são realizados próximos a eventos esportivos apenas naqueles locais onde há grama sintética.

Não há sentido em pôr em risco a nossa casa em um momento tão importante. Rogamos ao Governo do Estado que seja rigoroso para preservar nossa casa e nos ajudar a colocar o Mato Grosso no cenário internacional da forma que nossa torcida e nosso povo merecem.

Últimas