Lance Cruzeiro e Atlético-MG questionam veto de torcida nos jogos. Galo pode duelar com o Palmeiras em Brasília

Cruzeiro e Atlético-MG questionam veto de torcida nos jogos. Galo pode duelar com o Palmeiras em Brasília

A dupla mineira se posicionou e o Galo afirmou que pode até levar seu jogo contra o Palmeiras, pela Libertadores, para Brasília

Lance
Lance

Lance

Lance

Após a Prefeitura de Belo Horizonte vetar a presença de público nos estádios da cidade pelos equívocos e mau comportamento dos torcedores nos jogos do Galo contra o River Plate, na Libertadores, e do Cruzeiro na Série B, diante do Confiança, os dois clubes se pronunciaram oficialmente.

O Atlético-MG afirmou que poderá levar seu jogo contra o Palmeiras, pelo jogo de volta das semifinais da Libertadores para Brasília, no Estádio Mané Garrincha, no dia 28 de setembro.

O alvinegro não concordou com a medida tomada pela PBH e argumentou que cumpriu todos os protocolos definidos pela PBH em parceria com a Minas Arena, gestora do Mineirão. O Galo disse ainda que as aglomerações aconteceram no entorno do Mineirão.

A diretoria do Galo quer enfrentar o Palmeiras com o apoio da torcida e obter receitas, que chegou a mais de R$ 2 milhões brutos no confronto diante dos argentinos com a presença de pouco mais de 17 mil presentes.
Já o Cruzeiro seguiu um pensamento parecido com o do arquirrival, pois acredita no cumprimento dos protocolos criados pelas autoridades de saúde, afirmou a Raposa em nota. confira abaixo.

O Cruzeiro informa que recebeu, com respeito, a informação de que a prefeitura de Belo Horizonte revogou neste domingo o decreto que permitia jogos na cidade com presença de público nos estádios.

Desde o início da pandemia, o Clube sempre se posicionou de forma enfática e totalmente favorável às decisões dos órgãos especializados, tratando sempre como prioridades a saúde e a segurança do seu torcedor e da população em geral.

No entanto, mesmo entendendo e respeitando a preocupação das autoridades locais neste momento, o Cruzeiro reforça sua crença na segurança dos protocolos adotados e a serem seguidos nesta volta gradativa dos torcedores aos estádios e se reservará ao direito de estudar a viabilidade da realização dos próximos jogos em outras praças, onde a presença de público esteja liberada.

Últimas