Lance Circuito Catarinense Mormaii de Jiu-Jitsu inova e pagará premiação em criptomoeda

Circuito Catarinense Mormaii de Jiu-Jitsu inova e pagará premiação em criptomoeda

Segunda etapa acontece nos dias 18 e 19 de setembro em Balneário Camboriú

Lance
Lance

Lance

Lance

Depois da cidade de Blumenau receber em julho a primeira etapa do Circuito Catarinense Mormaii de Jiu-Jitsu, chegou a vez da paradisíaca cidade de Balneário Camboriú receber a maior competição da arte suave do sul do Brasil. O evento acontece nos dias 18 e 19 de setembro e a expectativa da organização, segundo Cristiano Duarte, presidente da Federação de Jiu-Jitsu de Santa Catarina (FJJ-SC), é que cerca de 800 atletas participem desta segunda etapa.

“A expectativa é sempre boa, ainda mais nessa retomada da modalidade em nosso Estado. As inscrições ainda estão abertas e esperamos, até a data limite das inscrições, chegar a uns 800 atletas para esses dois dias competição”, disse Cristiano, que ressaltou a importância da parceria com a Mormaii no Circuito. “Ter a Mormaii junto a Federação é muito importante, pois é um avanço tremendo para o Jiu-Jitsu ter uma marca mundialmente conhecida na nossa comunidade. Com certeza despertou ainda mais o interesse em nossos atletas em competir o Circuito Estadual”.

A segunda etapa do Catarinense de Jiu-Jitsu terá ainda uma grande novidade para os atletas. Os campeões receberão suas premiações em criptomoeda. Cristiano Duarte explicou como surgiu a ideia e detalhou como vai funcionar essa carteira de investimentos em criptomoeda.

“É um mundo novo para todos nós. Através de amigos conhecemos os CEO da Educacoin, Rogério e Roger, duas excelentes pessoas e que nos atenderam super bem. Eles falaram sobre essa nova maneira de apoiar o esporte e a educação em nosso país. Eles já apoiam pilotos de Stock Car, times de Vôlei, entre outras modalidades, e agora estão entrando no Jiu-Jitsu, através da carteira de investimento, o que lá na frente vai ajudar e muito na vida dos atletas. Muitos ainda não entendem como funcionam a Criptomoeda, como eu mesmo disse, é um mundo novo inclusive para nós organizadores. A Educacoin é a primeira criptomoeda brasileira, e me alegro de estar sendo pioneiro em trazer esse benefício para os atletas em nossas competições”, concluiu.

Últimas