Lance Cinco motivos que explicam a vitória do Fluminense sobre o Al Ahly no Mundial

Cinco motivos que explicam a vitória do Fluminense sobre o Al Ahly no Mundial

Tricolor vence a partida por 2 a 0 e está na final da Copa do Mundo de Clubes da Fifa

Lance

Nesta segunda-feira (18), o Fluminense venceu o Al Ahly por 2 a 0, em jogo válido pela semifinal do Mundial de Clubes. Com o triunfo, o Tricolor está classificado para a decisão. Veja os cinco motivos que explicam o êxito do time das Laranjeiras.

+ Fluminense vence Al Ahly e se classifica para a final do Mundial de Clubes; veja resultado

1- Ineficiência do Al Ahly: o primeiro tempo foi de amplo domínio do time egípcio, que criou muitas chances de gols e colocou o Fluminense na roda, mas foi incapaz de transformar a superioridade em tentos. E como diz o ditado, quem não faz, leva.

2- Segurança de Fábio: é bem verdade que o Al Ahly falhou ao perder chances claras de gol, mas também esbarrou em muitas defesas importantes do goleiro tricolor.
3- Papo no intervalo: se no primeiro tempo o Fluminense não conseguiu impor seu jogo, a história mudou depois da conversa no vestiário. O tricolor voltou a campo com outra postura, as substituições de Diniz funcionaram, e o time das Laranjeiras conseguiu buscar o resultado.

4- Individualidades: Jhon Arias, Martinelli e Marcelo foram os nomes de destaque do tricolor. O colombiano um verdadeiro motorzinho, incansável e brigando por cada lance. O camisa 8, leve, dominou o meio-campo, ditando ações e ritmo. O lateral, por sua vez, foi determinante no primeiro gol ao usar a experiência para garantir o pênalti que abriu o marcador.

5- Estrela de John Kennedy: pra fechar, ELE, o iluminado! Mais uma vez os holofotes se viraram para o jovem, que entrou em campo em meados do segundo tempo e precisou de 10 minutos para marcar o gol da classificação.

Garantido na final, o Fluminense agora aguarda o adversário, que sairá do duelo entre Manchester City e Urawa Reds. As equipes se enfrentam nesta terça-feira (19), às 15h. A grande decisão será disputada no dia 22, às 15h (de Brasília).

Últimas