China conquista a Copa do Mundo feminina de vôlei

Com uma rodada de antecipação, chinesas garantiram o título da competição

Lance

Lance

Lance

Com a vitória sobre a Sérvia por 3 sets a 0, na madrugada deste sábado, em Osaka – parciais de 25-14, 25-21, 25-16 -, a China conquistou a Copa do Mundo feminina de vôlei, pelo segunda vez consecutiva, com uma rodada de antecedência.

A ponteira chinesa Ting Zhu foi a maior pontuadora do jogo, com 18 pontos. A oposto sérvia Ana Bjelica marcou 15.

As chinesas têm agora cinco ouros na competição (1981, 1985, 2003, 2015, 2019) e se transformando nas maiores vencedora do torneio, superando Cuba, com quatro ouros (1989, 1991, 1995, 1999).

A competição no Japão termina neste domingo. As chinesas lideram de forma invicta a competição, com 29 pontos (10 vitórias em 10 jogos) e, a uma rodada do encerramento, não podem mais ser alcançadas pelos Estados Unidos, vice-líderes do torneio, com 25 pontos.

A Rússia ainda tem chances matemáticas de terminar com a medalha de prata mas, para isso, precisa vencer o Brasil e torcer para que os EUA sejam derrotados pela Coreia do Sul, jogo que acontece neste sábado, às 23h.