Ceará vence o Brusque fora de casa por dois gols de diferença e abre ótima vantagem para partida de volta

Para passar de fase, o Vozão pode até perder por um gol na partida de volta. O Quadricolor precisa vencer por dois gols de diferença para levar para os pênaltis ou ganhar por uma diferença maior para se classificar sem precisar das penalidades


Pela partida de ida da Copa do Brasil, em pleno no estádio Augusto Bauer, o Brusque acabou perdendo para o Ceará pelo placar de 2 a 0. Com o triunfo, o Vozão pode até perder por um gol de diferença. Enquanto o Quadricolor precisa vencer por dois gols de diferença para levar o jogo para os pênaltis ou ganhar por uma diferença superior a dois gols.

O jogo da volta será realizado na próxima quarta-feira, dia 23 de setembro, no estádio Castelão.


A partida

Até os 20 minutos de jogo, os dois times tinham finalizado apenas 3 vezes (Brusque duas e o Ceará uma). O Quadricolor foi quem levou mais perigo. Airton cruzou, Marco Antônio subiu mais que todo mundo, mas não conseguiu cabecear da forma correta.

Os dois times faziam um jogo disputado, mas oportunidades não estavam sendo criadas.

E quando tudo indicava que a etapa inicial acabaria sem gols, o Vozão foi lá e conseguiu inaugurar o marcador. Fernando Sobral recebeu a bola e serviu Leandro Carvalho. O meia pegou de primeira e inaugurou o marcador: 1 a 0.

O time Brusque voltou para etapa complementar decidido a fazer o gol de empate, só esqueceu de combinar com o Ceará, que quase ampliou. Rafael Sobis arriscou da entrada da área e acertou o travessão. No rebote, Leandro Carvalho chutou para fora.

Apesar do susto, o Quadricolor não se amedrontou e foi para cima do Vozão. Thiago Alagoano e Rodolfo Potiguar tiveram boas oportunidades, mas Fernando Prass conseguiu evitar o gol nos dois lances.

O Brusque mandava no jogo ter marcado em outra chance de gol, mas o chute de Rodolfo Potiguar passou raspando a trave do goleiro Fernando Prass e não entrou.

O Quadricolor martelava em busca do empate, mas o Ceará não estava morto e conseguia criar chances no contra-ataque. Em uma delas, Fernando Sobral recebeu ótimo passe e entrou cara a cara com o goleiro, mas na tentativa de encobrir o goleiro, ele pegou muito forte na bola e jogando fora uma oportunidade de ouro.

No final do jogo, o time Brusque foi para o tudo ou nada. Em cobrança de escanteio, todo mundo foi para área adversária em busca do empate e o Vozão acabou marcando no contra-ataque. Vina recebeu a bola, partiu em velocidade, driblou o goleiro e ampliou o placar: 2 a 0.