Cano marca no último lance e Vasco vence Boavista no Carioca

Cruzmaltino sofreu até fim da partida e contou com estrela de seu novo atacante para garantir primeira vitória na Taça Guanabara

Germán Cano marcou o seu primeiro gol com a camisa do Vasco

Germán Cano marcou o seu primeiro gol com a camisa do Vasco

Lance

Debaixo de chuva e com sofrimento, o Vasco venceu o Boavista por 1 a 0, em Cariacica, e garantiu a primeira vitória no Campeonato Carioca. Germán Cano, principal contratação do Cruz-maltino no ano, marcou o seu primeiro gol com a camisa do time de São Januário para garantir o triunfo no último lance da partida.

Com o resultado, o Vasco atingiu 4 pontos no Grupo B do Campeonato Carioca e ocupa a 4º posição. O Cruzmaltino volta aos gramados na próxima quinta-feira, às 21h30, contra a Cabofriense, em São Januário.

Pressão do Vasco
O Vasco iniciou a partida pressionando o Boavista em busca da primeira vitória no Campeonato Carioca e a grande intensidade do começo quase resultou em gol. Logo aos 4 minutos, Pikachu foi lançado nas costas da defesa pela direita, invadiu a área e cruzou para Marrony. O atacante bateu cruzado, de pé direito, assustando o goleiro Klever. Apesar de ter mais posse de bola, o Cruzmaltino não conseguia criar grandes chances de gol e o Boavista passou a gostar do jogo. No fim do primeiro tempo, aos 42, a equipe de Saquarema aproveitou uma bobeada da zaga do Vasco e Caio Dantas obrigou Fernando Miguel a fazer a primeira defesa no jogo.

Falta criatividade
A equipe de Abel Braga retornou para o segundo tempo da mesma forma: posse de bola e falta de criatividade. O Vasco encontrava muita dificuldade para criar oportunidades claras de gol e não conseguiu penetrar na fechada defesa do Boavista. O Cruzmaltino chegou com perigo apenas aos 17 minutos. Em bola alçada na área por Gabriel Pec, Talles Magno quase marcou de cabeça, assustando o goleiro Klever.

Artilheiro desencanta
​O técnico Abel Braga tentou mudar a equipe com algumas mudanças durante o segundo tempo, mas a torcida do Vasco não gostou da escolha do treinador de tirar Talles Magno para a entrada de Ribamar, e ouviu gritos de 'burro' das arquibancadas. O Cruzmaltino não melhorou na partida e ainda viu o Boavista perder uma oportunidade clara. Aos 46 minutos do segundo tempo, Luiz Soares recebeu sozinho na área, de frente para Fernando Miguel, e soltou uma bomba no travessão. Foi aí que brilhou a estrela do artilheiro. Aos 49, quando o empate já era desenhado, Gabriel pec avançou com liberdade e cruzou na cabeça do camisa 14. O argentino, que esteve sumido durante toda a partida, cabeceou com categoria e marcou o seu primeiro gol com a camisa do Vasco para garantir o resultado.

BOAVISTA 0 x 1 VASCO
Data/Hora
: 25/01/2020, às 19h
Local: Estádio Kleber Andrade, Cariacica (ES)
Árbitro: Alex Gomes Stefano 
Auxiliares: Daniel do Espírito Santo Parro e Gustavo Mota Correia
Cartão amarelo: Erick Flores; Victor Pereira; Elivelton (BOA) / Leandro Castan (VAS)
Público e renda: 3.028 presentes / Renda não divulgada.
GOL: Germán Cano 49' 2ºT (0-1)

BOAVISTA: Klever; Wellington Silva, Victor Pereira, Elivelton e Jean; Fernando Bob, Jefferson Renan(Luís Soares 23' 2ºT), Michel, Erick Flores, Tartá (Gabriel Cassimiro 42' 2ºT) e Caio Dantas (Renan Donizete 42' 2ºT). Técnico: Paulo Bonamigo

VASCO: Fernando Miguel; Pikachu, Werley, Castan, Henrique; Raul (Vinícius 27' 2ºT), Bruno Gomes, Juninho (Gabriel Pec-Intervalo); Marrony, Cano e Talles Magno. Técnico: Abel Braga.

Implantação de grama artificial no Allianz Parque está quase pronta