Lance Bruno Grassi fala sobre volta dos treinos e faz balaço inicial da chegada ao CSA: 'Me sentindo muito bem'

Bruno Grassi fala sobre volta dos treinos e faz balaço inicial da chegada ao CSA: 'Me sentindo muito bem'

Goleiro analisa os desafios para a retomada da temporada, vê parte mental como fundamental para êxitos e ansiedade no período de isolamento

Lance
Lance

Lance

Lance

O CSA segue se preparando para a retomada do futebol. Aguardando a definição sobre o retorno do Estadual, da mesma maneira com a data da primeira rodada da Série B do Brasileiro, o Azulão já está na fase de treinamento com o elenco reunido para estar preparado para quando a bola voltar a rolar.

O goleiro Bruno Grassi, que chegou ao CSA no início do ano, fez uma análise do período de confinamento até a retomada gradativa das atividades no clube.

'O fato do retorno aos treinos no clube vejo como positivo. Ficar um longo período afastado nessas circunstâncias não era comum. Teve o lado de você ter um tempo maior com a família, mas estava ansioso para esse retorno por meus objetivos na carreira. O CSA seguiu a risca os rígidos protocolos de segurança. Então ficamos quase duas semanas fazendo testes e treinos individuais. Nada em conjunto. Agora com a autorização do governo aqui do estado já estamos na fases de treinos coletivos', afirmou o jogador, que acredita na volta do futebol no âmbito nacional em agosto:

'Ainda vivemos a incerteza sobre o retorno dos campeonatos. Estamos vendo alguns estaduais retomados, mas acredito que os torneios nacionais comecem em agosto. E até por tudo que cerca o ano de 2020 por conta do coronavírus tende a ser uma disputa bem atípica, principalmente pela falta da torcida. Por conta disso o elenco que tiver o maior equilíbrio mental deverá ter grandes chances de êxito'.

Bruno, de 33 anos e com passagens por equipes como Grêmio, onde fez parte do elenco que conquistou a Libertadores, Copa do Brasil e Recopa, Internacional, Marítimo (POR) e Criciúma, revelou estar plenamente adaptado ao CSA.

'Estou bem sentindo muito bem aqui no CSA. É um clube organizado e foi muito bom ter vindo para cá. O CSA tem estrutura, disputou a Série A ano passado e que tem como objetivo voltar. É um desafio importante e encaro ele com muita responsabilidade e empenho', finalizou.

Últimas