Lance Bruna Takahashi realiza feito inédito e vence Copa Pan-Americana: 'Muito feliz'

Bruna Takahashi realiza feito inédito e vence Copa Pan-Americana: 'Muito feliz'

Partida dura para a brasileira, com sete sets, teve um final feliz

Lance
Lance

Lance

Lance

Bruna Takahashi levou o título da Copa Pan-Americana de Tênis de Mesa neste domingo (21), em uma partida duríssima em Corpus Christi, no Texas, Estados Unidos. Na semifinal ela derrotou a atleta da casa Lily Zhang, por 4 a 3. A brasileira precisou novamente de um sétimo set para levar o título na final, ao vencer a também norte-americana Amy Wang.

O primeiro set começou estudado e até o quinto ponto a dinâmica foi o equilíbrio. Depois Bruna começou a soltar o braço, pontuando seis vezes consecutivas e fechando a parcial em 11 a 5. O segundo foi marcado por Takahashi jogando em estado de plenitude. Apostando na força de seus golpes e acelerando o jogo a todo momento, enervou Wang que errou bastante, vencendo por impressionantes 11 a 1.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

O terceiro período tivemos Wang nervosa e Bruna plena. Porém, o excesso de confiança da brasileira acabou gerando erros capitalizados pela norte-americana. O jogo ficou equilibrado e a atleta da casa levou a parcial por 11 a 9.

A confiança passou para o lado de Wang no quarto set, que de cara abriu 2 a 0. Mas Bruna foi reencontrando o seu jogo aos poucos, recuperando a confiança. Porém, ainda não foi o suficiente para vencer um set, que acabou em 11 a 4 para a norte-americana.

Com o placar em 2 a 2, o quinto set ganhou contornos decisivos, principalmente pela questão psicológica. E a disputa foi ponto a ponto até o empate em sete. Neste momento Bruna soltou o braço e encaixou uma sequência de quatro pontos, fechando a parcial em 11 a 7.

➡️ Quanto os torcedores precisam gastar para assistir aos Jogos Olímpicos em Paris? Veja as despesas

Wang entrou pressionada na sexta parcial, enquanto Bruna novamente exalava confiança, obrigando a norte-americana a solicitar tempo logo no início do set. Tranquilizada por sua técnica, Wang equilibrou as ações e depois abriu frente para vencer por 11 a 6.

O sétimo e difícil set foi disputado ponto a ponto, chegando as finalistas igualadas em cinco. Bruna conseguiu colocar uma vantagem de três pontos, que lhe deram conforto. Wang encostou e pediu tempo para frear o ímpeto adversário. A estratégia deu certo, fechando a parcial em 11 a 9 e o jogo em 4 sets a 3. O ouro, finalmente, estava assegurado.

Sobre o resultado, Takahashi revelou felicidade e alívio com a conquista.

➡️Gangwon 2024: Brasil conquista vitória inédita no curling na história das Olimpíadas de Inverno

— Estou muito feliz. O resultado demora para vir, mas felizmente ele chega. Não diria que estou aliviada com essa conquista, mas sim contente com o trabalho que venho fazendo junto da minha equipe. Esse é apenas um dos passos que eu gostaria de dar na minha carreira e foi muito bom para me trazer confiança. Agora é seguir trabalhando duro — finalizou.

Com o desfecho feliz e com a sua primeira primeira conquista individual numa competição pan-americana adulta, Bruna também faturou uma vaga na Copa do Mundo, que será disputada em Macau, na China, em abril deste ano.

Últimas