Lance Brasil garante surfista na final da etapa de Saquarema do Circuito Mundial

Brasil garante surfista na final da etapa de Saquarema do Circuito Mundial

Chaveamento das quartas de final é todo verde e amarelo; Chances de final 100% brasileiraé alta

Lance
Lance

Lance

Lance

Após dois dias de day off no Rio Pro, em Saquarema, no Rio de Janeiro, os duelos voltaram a acontecer nesta segunda-feira. Apenas os homens entraram na água pelas oitavas de final. Ao todo são nove brasileiros na fase eliminatória: oito no masculino e apenas a Tati Weston-Webb no feminino, que está nas semifinais do torneio.

Com uma ondulação maior, mas com formação bem irregular nas ondas, a WSL decidiu colocar o evento em espera na primeira chamada às 7h15, e definiu dar início às 9h35. A primeira bateria do dia contou com Mateus Herdy, que performou bem e mandou o 2° lugar do ranking, Jack Robinson, de volta para casa. O duelo foi apertado e o brasileiro passou para as quartas de final depois de vencer por sete décimos de diferença.

Herdy mantém uma amizade muito forte com João Chumbinho e revelou que o saquaremense passou algumas dicas do local e que isso o ajudou a passar mais uma fase.

- O que o João (Chumbinho) fala realmente acontece. Ele entende muito dessa onda, ele falou das esquerdas ali, do lugar, exatamente a onda que pegar. Só estou aproveitando, ele é um dos meus melhores amigos e estou aproveitando meu momento aqui em Saquarema -
contou.

Samuel venceu o também brasileiro Caio Ibelli na bateria de número 2, com duas notas excelentes (um 8 e um 9) que, de acordo com os presentes, foi o melhor atleta até aquele momento. Pupo e Ibelli se enfrentaram na primeira etapa do circuito, em Pipe, e na ocasião
o Caio levou a melhor. Samuel comentou sobre.

- O Caio é um competidor muito bom. Ele tem todas as manobras no repertório dele. Então eu sabia que seria difícil e acabei devolvendo aquela (derrota) em Pipe - falou.

Em mais um duelo brasileiro, Ítalo Ferreira liderou desde o início e derrotou Michael Rodrigues. O potiguar mostrou toda sua potência de manobras e avançou com facilidade. A torcida presente foi ao delírio. O nível de Ferreira foi tão alto que em determinado momento, Rodrigues precisou tirar um 10 para derrotar o campeão olímpico.


Como na bateria do Caio x Samuel, Ítalo e Michael já se enfrentaram em 2018 e, na ocasião, o Rodrigues levou a melhor. O potiguar comentou que não se atenta mais aos adversários e só pensa em surfar.

- Não penso no adversário na água. Em outros eventos acabei errando por imaginar o que o outro atleta iria fazer e acabava esquecendo de mim, no que eu poderia fazer de bom na
bateria. Eu nem quero saber quem está comigo na bateria e focar no que realmente tenho que fazer. Então foi isso que eu fiz na bateria, me preocupei em surfar - afirmou.

O líder do ranking geral, Filipe Toledo, tomou um susto no início da bateria contra Miguel Tudela, mas se recuperou e avançou para as quartas de final.

+ Veja clubes brasileiros que podem faturar com mecanismo de solidariedade da Fifa nesta janela

Filipinho fez o dever de casa e segue com a lycra amarela (o primeiro do ranking a usa nos eventos). Toledo é o atual
campeão das últimas duas edições do evento em terras saquaremenses, em 2018 e 2019.

- Está sendo muito legal. Tem sido um ano bem legal para mim, tenho me sentindo bem junto com minha família, com todo mundo. Estou com meus amigos, meus filhos estão aqui também. Estou aproveitando ao máximo esse tempo com eles e canalizando essa energia para dentro d'água - disse.

+ Seleção do penta em 2002 ou Seleção atual? Redação do LANCE! vota jogador por jogador

BRASIL SE GARANTE NA FINAL

Miguel Pupo também passa com facilidade da sua bateria contra Nat Young. O brasileiro colocou o oponente em combinação e passeou na bateria, indo para as quartas de final. Com a vitória do Pupo, o Brasil garante vaga na final: Miguel encara Ítalo na próxima fase e
quem vencer do duelo, enfrenta o vencedor de Mateus Herdy x Samuel Pupo.

O Yago Dora fechou a participação dos brasileiros na fase das oitavas de final. Yago derrotou o Ethan Ewing e também se garantiu nas quartas. Com a vitória, sobem as chances do Brasil conseguir uma final 100% nacional, já que o Dora e Filipe estão do outro
lado do chaveamento.

A entidade máxima do esporte confirmou que as quartas de final entram na água ainda nesta segunda-feira (27).

Últimas