Lance Bia Haddad Maia ganhará quase R$ 500 mil só de participação na United Cup

Bia Haddad Maia ganhará quase R$ 500 mil só de participação na United Cup

Thiago Wild vai embolsar perto dos R$ 150 mil e brasileiros podem se beneficiar não só da parte financeira, mas de pontos...

Lance
Lance

Lance

Lance

Os tenistas brasileiros já chegaram em Perth, na Austrália, para a disputa da United Cup, a competição mista por equipes que começa no final da noite de quinta-feira.

Justo o Brasil abrirá a competição contra a Espanha com Thiago Wild encarando Alejandro Fokina a partir das 23h e logo a seguir com Beatriz Haddad Maia encarando Sara Sorribes Tormo.

A competição é especial não só por ser em equipes, mas gera um retorno financeiro para os atletas, principalmente quem joga simples. 

Beatriz Haddad Maia terá direito a US$ 100 mil (perto dos R$ 500 mil) de participation fee, ou seja, só por jogar as duas partidas da fase de grupos (segunda contra Iga Swiatek contra a Polônia). Cada vitória renderia mais US$ 38.325 para a tenista. Se vencer as duas, a brasileira ganhará no mínimo US$ 176.650, mais de R$ 865 mil.

Thiago Wild, atual 79º do mundo, receberá uma quantia de US$ 30 mil (perto dos R$ 150 mil) por sua participação caso dispute os dois jogos previstos e caso vença as duas partidas somaria um total de US$ 106.650, ou seja, R$ 500 mil.

Sobre a pontuação. Beatriz Haddad Maia vai disputar no mínimo 90 pontos nos dois jogos da primeira fase. 35 contra a espanhola Sara Sorribes e mais 55 contra Swiatek, caso vença as duas partidas. Já Wild terá 40 pontos em disputa contra Fokina e mais 55 contra Hubert Hurkacz, ou seja, 95 caso vença as duas. 

Se o Brasil avançar às quartas nossos atletas vão brigar por mais $ e também pontos na ATP e WTA.

A dupla mista não gera pontos e dará US$ 7.200 para cada vitória na fase de grupos, ou seja, perto dos R$ 35 mil para a parceria.

Últimas