Lance Após voltar ao cargo de diretor, Paulo Autuori dá dicas para o próximo técnico do Cruzeiro

Após voltar ao cargo de diretor, Paulo Autuori dá dicas para o próximo técnico do Cruzeiro

Autuori volta ao cargo de diretor após evitar o rebaixamento e classificar o Cruzeiro à Sul-Americana

Lance

Paulo Autuori cumpriu seu papel no comando do Cruzeiro com maestria. O profissional de 67 anos evitou o rebaixamento da Raposa, e, de quebra, classificou a equipe para a Copa Sul-Americana de 2024. Com isso, voltará a exercer a função de diretor de futebol.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Como último ato antes de voltar ao seu cargo de origem, Autuori deu dicas para o próximo treinador da Raposa, que será definido o quanto antes. Em 2023, essa função foi exercida por Paulo Pezzolano, Pepa, Zé Ricardo e Fernando Seabra, interinamente.

 “Treinador não é um tema que esteja comigo. Minha área é a parte técnica. Em relação às possibilidades, vou contribuir da maneira que puder, mas é com o Pedro Martins e Paulo André”, iniciou.

De acordo com Autuori, o novo comandante terá que entender os processos do Cruzeiro como um todo. O clube vem se reestruturando internamente desde que se transformou em Sociedade Anônima do Futebol (SAF), em dezembro de 2021.

“É fundamental que quem chegue entenda a importância da cadeia do futebol como um todo. O mais importante é que quem quer que venha entenda que o Cruzeiro tem processos e não terá a chave do clube. Tem um staff que trabalhou muito ao longo do tempo, mas certamente virá um treinador”, completou.

BUSCA POR UM NOVO TREINADOR

Já com o futuro definido para 2024, a Raposa já começa a se movimentar no mercado em busca de um novo comandante. E dois nomes estrangeiros têm ganhado força entre a cúpula da SAF gerida por Ronaldo Fenômeno.

O nome de Fernando Gago é cotado para comandar o celeste. O argentino de 37 anos está desempregado desde outubro, quando pediu demissão do Racing.

O maior contraponto é a falta de experiência como treinador. Gago estreou como técnico em 2021 ao assumir o modesto Aldosivi, da Argentina. Depois disso, só comandou o time tradicional de Avellaneda.

Em quase dois anos de Racing, Gago foi campeão do "Trofeo de Campeones" e da Supercopa Internacional. Recentemente, ele teve o nome especulado no Boca Juniors.

'PLANO B' DO CRUZEIRO

O "plano B" do clube mineiro é Gabriel Milito. O comandante argentino também agrada à SAF por sua filosofia de jogo. Ele foi procurado pelo clube mineiro após a demissão de Pepa, em agosto, mas não houve acerto naquele momento.

Milito também está livre no mercado desde seu último trabalho, no Argentino Juniors. O ex-volante dirigiu a equipe em 135 oportunidades, com 58 vitórias, 33 empates e 44 derrotas. O Cruzeiro, entretanto, não confirma que monitora os dois profissionais argentinos.

Últimas