Após vitória sobre o Guarani, Luxa mira melhor campanha no Paulistão

Técnico palmeirense falou sobre briga com Santo André pela liderança do grupo e disse que os jogadores têm que aproveitar o carnaval

Com vitória sobre o Bugre, Palmeiras assumiu liderança do Grupo B

Com vitória sobre o Bugre, Palmeiras assumiu liderança do Grupo B

Lance

Com a vitória por 1 a 0 sobre o Guarani, nesta quinta-feira (20), o Palmeiras passou a ter a melhor campanha do Campeonato Paulista até o momento - o Santo André ainda joga na rodada e pode passar o Verdão. E, para o técnico Vanderlei Luxemburgo, isto é mesmo um dos objetivos da equipe no Estadual.

- A campanha era um objetivo nosso, passar o Santo André. Falta o jogo deles. Mas tendo a melhor campanha de todos, joga sempre em casa na fase final. Não é uma vantagem absurda, mas é a vantagem de jogar em casa. Mas esse gramado hoje oferece o jogar, não é algo que vamos tirar muita vantagem - disse o treinador, em entrevista coletiva após a partida disputada no Allianz Parque.

Com o objetivo momentaneamente alcançado, Luxemburgo falou sobre a pausa que o time vai ter durante o carnaval. Para ele, os seus jogadores tem que aproveitar a folga.

- É uma festa do Brasil. Esses jogos que marcam no meio do Carnaval não deveria acontecer. É uma festa do Brasil, está na cultura. Eles pensam em dinheiro. Eles têm mais que tomar uma caninha mesmo, uma cervejinha, dar uma esfriada... Têm que se divertir. Gosto de Carnaval, desfilar. Vamos ver se consigo desfilar.

Sobre a partida, vencida com gol de Dudu no seu 300º jogo com a camisa do Verdão, o treinador cobrou melhor pontaria do Palmeiras, que teve muitas oportunidades, mas não conseguiu um placar mais elástico sobre o Guarani.


- O jogo foi bom. Esse gramado permite ter jogo de bola para nós e o adversário. O Guarani também tocou a bola, conseguiu chegar no nosso gol, porque o campo permite envolvimento, a técnica, a habilidade, principalmente a técnica. É difícil sair um passe errado. Temos treinado bastante aproximação, posse de bola, triangulação, saída na transição ofensiva. Perdemos muitos gols. Chegamos muitas vezes. Não podemos chegar tantas vezes e não botar a bola para dentro, daí vai lá o cara, num escanteio, acerta a bola e pronto. Faltando cinco minutos, botei o Luan e adiantei o Felipe. Fiz um volante com dois meias para não correr o risco da bola que acha o gol. Não quis correr o risco.

Com a vitória sobre o Bugre, o Palmeiras chegou a 16 pontos e assumiu a liderança do Grupo B. O Verdão volta a campo no próximo dia 29, no clássico contra o Santos, no Pacaembu.

Neymar posta 'nunca mais vou amar de novo' e sugere indireta para ex