Lance Após empate com o Goiás, Dado lamenta: 'Não era o resultado que esperávamos'

Após empate com o Goiás, Dado lamenta: 'Não era o resultado que esperávamos'

Resultado acabou prejudicando o Bahia na luta contra o rebaixamento no Brasileirão

Lance
Lance

Lance

Lance

O empate de 3 a 3 com o Goiás, na noite deste sábado, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, acabou ficando com um gosto amargo para o treinador do Bahia, Dado Cavalcanti.

Analisando o duelo na Fonte Nova, o treinador do Esquadrão destacou que, apesar de alguns acertos durante os 90 minutos, erros também aconteceram por parte de seus jogadores, o que acabou levando sua equipe a sofrer muitos gols.

"u pretendo que tenha acabado hoje. Nós erramos mesmo. Tivemos vários acertos, em alguns jogos demos equilíbrio, mas hoje voltamos a tomar muitos gols. Cada gol tem sua história, tem sua problemática. Mas eu já falei abertamente sem muito melindre. Não quero me tornar repetitivo: o desenho do jogo nos deu outra situação, jogar com um homem a menos, adversário que só joga a bola na área, e acabou que fomos penalizados com a última bola. Mas a minha maior motivação é de continuar o trabalho, com todas as forças que tivermos e colocar em campo. Motivar os atletas. Temos três jogos pela frente. Não era o resultado que esperávamos. Vamos continuar com esse empenho para tirar o time dessa situação", disse.

Por outro lado, fez questão de falar do lance da expulsão de seu jogador, Daniel, já na segunda etapa. Na visão de Dado, o lance não foi para cartão vermelho, acreditando que o árbitro tenha sido 'muito exigente', porém procurou focar já nos próximos duelos que serão decisivos para o Tricolor.

"Os números são frios. O jogo foi totalmente atípico. Todo mundo sabe que houve uma influência direta. Até questiono a expulsão do Daniel. Não vi motivo nenhum para a expulsão do Daniel. No máximo, houve jogo perigoso. Se houve contato, era falta e talvez amarelo. O árbitro foi muito exigente. Esse jogo de hoje talvez fosse diferente. Tivemos muitas falhas, mas jogamos com um a menos durante o segundo tempo inteiro. Os jogos fora de casa terão desenhos diferentes. Precisamos trabalhar para chegar forte para esses duelos", concluiu.

COMPROMISSOS NA RETA FINAL

O Bahia, que acabou chegando aos 37 pontos, agora mira seus últimos três confrontos na competição. Na próxima rodada, o time terá como adversário o Atlético-MG, fora de casa, e já de olho no Fortaleza, com mando do Leão, na 37ª, fechando sua jornada de jogos diante do Santos, porém desta vez em casa, pela última rodada.

Últimas