Palmeiras

Lance Após desistência por Borré, Edu Dracena comenta movimentação do Palmeiras por atacante no mercado

Após desistência por Borré, Edu Dracena comenta movimentação do Palmeiras por atacante no mercado

Assessor técnico do Verdão enfatizou dificuldades financeiras e incertezas em meio à pandemia

Lance
Lance

Lance

Lance

É de conhecimento geral que o Palmeiras busca reforços para o setor ofensivo. No entanto, na última sexta-feira (19), o clube desistiu oficialmente da contratação de Rafael Borré, do River Plate. Em entrevista ao NPCast #12, Edu Dracena, assessor técnico do Verdão, comentou os próximos nomes em pauta, como Taty Castellanos (New York City FC) e Ademir (América-MG), além do meia Eduard Atuesta (Los Angeles FC):

20 motivos para acreditar que o Palmeiras vai seguir faturando títulos nos próximos anos

- Felizmente, o Palmeiras é a bola da vez. Quem não quer trazer o jogador pro Palmeiras? Às vezes, os empresários usam o Palmeiras para valorizar os atletas. Outro dia, vi uns atletas surgindo e fiquei sabendo pela imprensa. Perguntei pro Anderson (Barros) e ele nem estava sabendo. Esses três atletas (Ademir, Taty Castellanos e Atuesta) estão no radar do Palmeiras, estamos conversando para, de repente, entrar em negociação.

>> Veja a tabela completa do Campeonato Paulista e simule os próximos jogos

O ex-zagueiro não deixou de enfatizar a nova realidade do mercado em meio à pandemia, deixando claro que todos os clubes estão enfrentando dificuldades em suas negociações:

- O mercado mudou muito por causa da pandemia. É difícil o clube comprar o passe do jogador. Muitas vezes, vem por empréstimo, ou está livre no mercado. Acho que buscar jogadores por empréstimo, pra ver se ele vai se adaptar, e deixar o passe estipulado, é um cenário ideal. Mas é difícil aceitarem esse tipo de negociação.

Por fim, Dracena analisou a situação dos atuais atacantes do elenco do Palmeiras. Willian tem contrato até o fim de 2021 e Luiz Adriano recebeu sondagens tanto do Grêmio quanto do mundo árabe:

- Com o Willian não conversamos ainda. Ele tem contrato até o final do ano e é um cara importante, que deu toda sua contribuição durante esses anos. Vamos tratar o caso dele com o maior carinho. Claro que outros jogadores entendemos que é cedo para conversarmos pela renovação. Ano passado, conversamos com todos os atletas falando a verdade. Tivemos que descontar do salário deles e eles entenderam. Acho que quando tratamos as coisas com transparência, elas tendem a dar certo. Do Luiz não chegou proposta pra gente, ele tem contrato com o clube. Temos que sentar e conversar se ele quer ir e se é bom para o clube. Queremos os jogadores felizes, de corpo e alma aqui. Ele é importantíssimo, mas se tiver que vir alguma proposta, o empresário vai trazer ao Anderson e ao presidente.

Últimas