Lance Ao L!, Igor Benevenuto diz que orientação sexual não era segredo na CBF e Comissão de Arbitragem

Ao L!, Igor Benevenuto diz que orientação sexual não era segredo na CBF e Comissão de Arbitragem

Durante entrevista ao LANCE!, o árbitro afirmou que espera ser respeitado nos próximos jogos em que for apitar

Lance
Lance

Lance

Lance

Após mais de vinte anos apitando jogos de futebol, Igor Benevenuto assumiu ser homossexual. A declaração do árbitro foi dada no podcast do "ge" e vem gerando muita repercussão nas redes sociais. O árbitro mineiro conversou com o LANCE! e contou por que achou que o momento era o mais adequado para falar sobre o tema.

+ Agora vai? Listamos projetos de estádios do Flamengo que acabaram não vingando

- Era uma situação que eu já estava amadurecendo há muitos anos. Eu não sabia como falar e como expor isso. Eu vi que era o momento certo da minha vida que poderia me libertar dessas correntes e dessa prisão que eu sempre vivi. Por isso eu resolvi falar. Eu não aguentava mais viver sufocado e aprisionado. Eu precisava dar um basta nisso - revelou o árbitro.

Durante a entrevista, Igor Benevenuto afirmou que sempre teve uma boa relação com a CBF e a Comissão de Arbitragem e ressaltou que espera um ambiente de respeito nos próximos jogos em que for apitar.

+ Brasileiros no VAR convencem árbitro chileno a anular gol do River Plate na Libertadores

Qual a reação você espera de dentro dos estádios a partir de agora?

- Eu espero que a reação nos estádios seja positiva. A gente sabe que é um meio ainda muito preconceituoso, principalmente em questão de arquibancada. Mas, eu vou entrar ali para fazer meu trabalho e meu papel da melhor maneira possível. Deles, eu espero somente respeito. Nada mais do que isso.

As pessoas que trabalhavam com você já tinham conhecimento da sua orientação sexual?

- A CBF, Federação Mineira e a Confederação de Arbitragem sempre souberam da minha sexualidade e sempre me respeitaram muito. Isso nunca foi um empecilho para mim. Eu sempre soube me posicionar e respeitá-los, assim como eles sempre me respeitaram.

- Você recebeu alguma orientação sobre a abordagem do tema? Falar sobre isso foi uma decisão pessoal?

- Não resolvi nenhuma orientação sobre abordagem do tema. Eu pude falar abertamente o que eu sinto e o que eu tinha como pensamento. Foi uma decisão pessoal minha. Eu vi que era um momento certo e que eu estava maduro para isso. Resolvi expor isso para sociedade e para as pessoas do meio que eu convivo.

Igor Benevenuto é membro do quadro da FIFA e apitou diversos jogos de futebol ao longo dos 23 anos de carreira. O árbitro vem recebendo muitas mensagens de apoio após a revelação e espera conseguir manter um ambiente de respeito no esporte.

Recentemente, o ex-jogador Richarlyson também revelou que é bissexual, se tornando pioneiro no país na abordagem do tema. Além dele, atletas no exterior também já declararam abertamente a orientação sexual, quebrando um tabu de décadas no futebol.

Últimas