Lance Ana Moser aponta 'vantagem' do Brasil na disputa pela sede da Copa do Mundo Feminina

Ana Moser aponta 'vantagem' do Brasil na disputa pela sede da Copa do Mundo Feminina

Ministra do Esporte falou sobre a candidatura brasileira para receber o torneio

Lance
Lance

Lance

Lance

Ministra do Esporte, Ana Moser demonstrou confiança com a possibilidade do Brasil sediar a próxima Copa do Mundo Feminina. Em evento no Ceará, a ex-jogadora de vôlei afirmou que o país tem vantagem por conta dos estádios construídos para o Mundial de 2014.

- O Brasil, no caso da Copa do Mundo, tem uma grande vantagem, porque foram 12 sedes construídas para a Copa de 2014, que são possíveis para serem sedes para agora. Fortaleza está no jogo - comentou Ana Moser.

Além do Brasil, África do Sul e duas candidaturas conjuntas, uma formada por Bélgica, Holanda e Alemanha, e outra por México e Estados Unidos, concorrem pela realização da Copa. O anúncio do país-sede do torneio será divulgado pela Fifa em maio do ano que vem.

+ Jornalista da ESPN rebate crítica de Róger Guedes a Ana Thaís: 'Apontou o dedo para uma mulher'

A Copa do Mundo Feminina de 2023 ocorre entre julho e agosto, na Austrália e Nova Zelândia. O Brasil está no grupo F da competição, que também conta com França, Jamaica e Panamá. A estreia da Seleção Brasileira acontece dia 24 de julho, contra as panamenhas.

Últimas