Lance América-MG tem 99% de chances de conseguir o acesso à Série A

América-MG tem 99% de chances de conseguir o acesso à Série A

O levantamento foi feito pelo Departamento de Matemática da UFMG . Para Lisca, a vitória sobre o CRB foi um passo que deixa o Coelho muito perto do seu objetivo

Lance
Lance

Lance

Lance

O América-MG deu um enorme passo para retornar à elite do Campeonato Brasileiro. Ao vencer o CRB por 1 a 0 no Independência, pela 31ª rodada, o Coelho chegou aos 60 pontos e pode confirmar o acesso antes do fim do campeonato.

O técnico Lisca celebrou o resultado, que deixa a equipe mineira com 99% de chances de subir, segundo levantamento do Departamento de Matemática da UFMG. se o América chegar aos 63 pontos.

- Importantíssimo, mais do que qualquer coisa hoje, era subir para 60 pontos, ganhar a partida. Muito importante a vitória. Fundamental, e estamos praticamente no último passo, na última vitória, chegando aos 63 pontos e nos colocando muito bem. Não 100%, matematicamente (garantidos na Série A), mas 99%-disse o treinador americano.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA DA SÉRIE B

Lisca comentou sobre as boas atuações de 2020 e um “prêmio extra” para o Coelho, que chegou às semifinais da Copa do Brasil, em duelo contra o Palmeiras. O técnico, entretanto, afirmou que o principal foco continua sendo o acesso.

- Está bem legal este ano. A temporada do América está muito assertiva. Conseguimos boas apresentações já no Mineiro. Perdemos o jogo, mas fizemos duas boas apresentações. Uma ótima Série B, a um passinho do objetivo final. E a Copa do Brasil realmente turbinou a nosso trabalho, principalmente a projeção e a exposição do trabalho do clube, dos profissionais que estão envolvidos: jogadores, diretoria e comissão técnica. Mas o mais importante é o América, mostrando sua grandeza, mostrando que hoje não teme ninguém-concluiu.

O Coelho volta a campo na quarta-feira, 30 de dezembro, contra o Palmeiras, pelo jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil. Pela Série B, a equipe mineira encara no dia 2 de janeiro, o Guarani, em Campinas, às 21h.

Últimas