Lance Além de Villani, FIFA 21 terá outra novidade: 'Teremos um Plantão Esportivo com gols da rodada'

Além de Villani, FIFA 21 terá outra novidade: 'Teremos um Plantão Esportivo com gols da rodada'

Novo narrador do game da "EA Sports", que será lançado em outubro, falou ao L! sobre sua relação com o jogo e com o público jovem

Lance
Lance

Lance

Lance

Gustavo Villani, novo narrador do game FIFA-21, da EA Sports, falou ao L! sobre o desafio de representar a nova geração de locutores esportivos em jogos de videogame, do desafio de entregar a melhor narração, da ansiedade pela estreia do game e sobre uma grande novidade para a nova edição do jogo. O jogo será lançado no dia 6 de outubro.

O narrador fez jogo duro, mas contou uma das grande diferenças da nova edição do game. Agora, o amante de FIFA saberá em tempo real o resultado dos outros jogos da rodada.

- Novidades? Algumas... Vou adiantar só uma: teremos plantão esportivo para informar os gols dos outros jogos da rodada - confidenciou.

- Sabe quando o narrador está em meio à transmissão e uma voz anuncia “gol na rodada! No Maracanã, Gabigol faz Flamengo 1x0 no Barcelona de Guaiaquil.” É isso. Para rodadas decisivas das ligas de pontos corridos, na briga por título, vagas internacionais ou luta contra o rebaixamento. Ou mesmo na última rodada da fase de grupos da Champions, por exemplo, na briga por vaga no mata-mata, é muito importante. Vai dar mais emoção ao jogo ter a cobertura em tempo real dos outros jogos da rodada - concluiu.

Confira outros tópicos da entrevista:

1 - como é sua relação como o público jovem? Você acha que a popularidade dos seus bordões ajudou para o convite ser feito?
Villani: Fui convidado pela EA Sports depois de pesquisa popular, indicação de Tiago e Caio e por me enquadrar nesse perfil, de renovação. Minha ideia estratégica de carreira é, sim, abraçar uma nova geração de torcedores para caminharmos juntos, por muito tempo. Agora, com a ajuda do FIFA.

2 - Qual a diferença de narrar uma partida de videogame e uma partida de verdade?
Villani: O videogame me dá liberdades que a transmissão da vida real não dá. Quem se dispõe a jogar FIFA quer se divertir - apesar da existência cada vez maior de gamers profissionais. O torcedor comum quer ver o time dele na televisão, mas isso não necessariamente é uma diversão. Pode ser um sofrimento, então, exige mais cuidado do narrador.

3 - O que foi mais legal no período de gravações?
Villani: Foi uma gestação prolongada, digamos. Tenso no início, com descobertas no processo que foram me divertindo, relaxando e agora é hora de ver o filho nascer. Espero que gostem! Eu tentei ao máximo mergulhar no texto, imaginar as situações de jogo, aproximar minhas emoções reais à narração virtual. A equipe da EA Sports (Caioba, Dani, Charles, Renato, Dudu, Victor e tantos outros) é muito boa, a gente conseguiu aliar responsabilidade e leveza. Brincamos muito, sofremos juntos, trabalhamos duro.

º4 - Você é 'Fifeiro'? Joga com os filhos? Conte sua relação com o game...
Villani: Com minha mudança de São Paulo para o Rio há 8 anos, nascimento do meu filho Luca, demanda de trabalho na televisão, dei um tempo no FIFA. Mas retomei em tempo de jogar FIFA-19 e FIFA-20, até para me basear no trabalho do Tiago Leifert. Estou voltando! Dia desses chamei o Zé Aldo pra porrada... Apanhei, 4 a 1. Sou pereba (ainda).

5 - Já jogou o FIFA-21?
Villani: Ainda não! Recebi retornos do pessoal da edição sobre erros e acertos, eles aprovaram, dizem ter ficado legal, mas ainda não me assisti. Depois do anúncio da EA Sports de que serei o novo narrador pelos próximos anos, agora é esperar o game ser lançado, em outubro. Pior: sofro de ansiedade!

Últimas