Lance Abel Ferreira sobre elenco: 'Os defenderei até a morte'

Abel Ferreira sobre elenco: 'Os defenderei até a morte'

O treinador elogiou a postura dos jogadores, que, segundo ele, demonstram enorme vontade em campo

Lance
Lance

Lance

Lance

O Palmeiras venceu neste sábado (28) o Athletico Paranaense por 3 a 0 e, com isso, assumiu a quarta posição no Brasileirão. Após a partida, o treinador Abel Ferreira concedeu uma entrevista coletiva e elogiou muito o elenco do Verdão, destacando a importância dos jogadores para o sucesso do seu trabalho.

- O mérito é dos jogadores. São eles que jogam, correm, decidem, pressionam, passam, fazem gols, tomam gols. A minha função como treinador é indicar um caminho que eu acredito que é o melhor para nós, mas quem o percorre são eles. Quem faz de mim um bom treinador são eles. Todos os treinadores dependem dos jogadores. Eu cheguei aqui porque meus jogadores, nos outros clubes, fizeram de mim um bom treinador. Na minha opinião, o mérito é, claro, dos jogadores, pela mente aberta, pela forma como eles trabalham, pela forma como se dedicam e pela paixão e alegria que demonstram dentro de campo. Estão levando muito a sério o ser rigoroso, trabalhar duro. Com o talento deles, e sendo consistentes, estaremos mais próximos de ganhar. Não vamos ganhar sempre, mas nossa obrigação é sempre lutar para ganhar.

O treinador também deixou evidente a postura dos atletas do Alviverde, que, segundo ele, demonstram enorme vontade dentro de campo.

- Ninguém está acima da equipe, todos somos um. A nossa força está no jogo coletivo. Dependemos de todos os jogadores, não de um individualmente, e isso é bem evidente pela forma como eles se entregam. Em função das várias baixas que vamos tendo, quem entra tem agarrado essa oportunidade. Acho que toda gente percebeu que o titular é a ideia de jogo, é o clube, ninguém tá acima dos interesses do clube, e isso vê-se pelo espírito dos jogadores dentro de campo, da forma como defendem, da forma como têm desejo e vontade de não sofrer gols. Isso é fruto de muito trabalho e quem faz esse trabalho são os jogadores.

Por fim, Abel falou sobre a importância dessa postura e afirmou que, se continuarem assim, ele os defenderá a todo custo.

> Confira a tabela do Brasileirão 2020

- Sei que estamos num clube muito exigente e nos clubes grandes só há uma forma de viver com essa pressão, é estar focado no nosso trabalho, é o treinador ser claro e específico naquilo que pede aos jogadores. Mérito do Patrick, que, desde a minha chegada, tem dado o melhor de si. Eu não exijo nada mais que o melhor de cada um deles, Quando damos o nosso melhor, temos a certeza de que, no final, estaremos mais próximos de ganhar. Eu não vou permitir que digam algo a esses jogadores enquanto eles tiverem com essa atitude, suando a camisa. Enquanto assim o fizerem, eu os defenderei até a morte.

O Palmeiras entra em campo novamente na próxima quarta-feira (02) contra o Delfín, pela Libertadores, às 19h15 (horário de Brasília). O Verdão, buscando a classificação para as quartas de final da competição, pode ser derrotado por até um gol de diferença, pois venceu a primeira partida por 3 a 1.

Últimas