Lance Abel Ferreira iguala Felipão e indica que o topo da história do Palmeiras é questão de tempo

Abel Ferreira iguala Felipão e indica que o topo da história do Palmeiras é questão de tempo

Com a conquista do Brasileirão, técnico português sobe mais um patamar no "Olimpo" do clube e fica cada vez mais próximo de se consolidar como o maior de todos os tempos

Lance
Lance

Lance

Lance

O Palmeiras conquistou o Campeonato Brasileiro de 2022 de forma incontestável, muito por conta do trabalho de Abel Ferreira ao longo dos últimos dois anos. Foi o sexto título do treinador desde sua chegada ao clube, em novembro de 2020, igualando Felipão. Isso, definitivamente o aproxima de atingir o topo da história alviverde e gera a discussão: o português já é o maior de todos os tempos?

> Relembre a invencibilidade do Palmeiras fora de casa no Brasileirão
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

Desde que a comissão técnica de Abel desembarcou no Palmeiras, o Campeonato Brasileiro sempre foi uma obsessão, talvez não tão grande quanto a Libertadores (conquistada duas vezes), mas importante o suficiente para que ganhasse o foco dos portugueses, principalmente por ser uma das ligas mais equilibradas do mundo.

Era o que faltava para Abel conquistar os principais títulos em âmbito nacional, pois já tinha o Paulistão, maior estadual do país, e a Copa do Brasil. Ao mesmo tempo, em âmbito continental, já havia levado a Libertadores (duas vezes consecutivas) e a Recopa Sul-Americana.

Dos títulos que o português disputou, faltou apenas o Mundial de Clubes (quarto lugar em 2020 e vice em 2021) e a Supercopa do Brasil (vice em 2021). Essa última, inclusive, Abel terá uma nova oportunidade de conquistar e justamente contra o mesmo adversário da anterior: o Flamengo, que levou a Copa do Brasil de 2022.

Palmeiras x Juventude - Abel

Palmeiras x Juventude - Abel

Lance

Abel levou mais um título (Foto: Karen Fontes/AFI/LancePress!)

O número de conquistas é incontestável. O Campeonato Brasileiro é o sexto título de Abel no Verdão, o que o deixa empatado com Felipão na história do clube. Scolari, em três passagens, conquistou Libertadores (1999), Brasileirão (2018), Copa do Brasil (1998 e 2012), Copa Mercosul (1998) e Torneio Rio-São Paulo (2000).

Abel segue atrás de outros dois gigantes da história: Vanderlei Luxemburgo, com oito títulos, e Osvaldo Brandão, com sete títulos. No entanto, por tudo o que português fez até aqui, o tempo de trabalho, a potencialização de jogadores, a identificação com o clube, a idolatria junta à torcida, não seria exagero já colocá-lo como postulante ao status de maior técnico da história palmeirense.

Com mais dois títulos ele já igualaria Luxa como o mais vitorioso, mas levaria vantagem no quesito Libertadores. Isso sem dimensionar a importância dos Paulistas de 1993 e 1996, por exemplo. De qualquer forma, a relevância de Abel nesses 108 anos de história alviverde é digna dos maiores de todos os tempos e o Brasileirão somente ratificou o que já estava desenhado: o português está no topo.

Confira o ranking dos técnicos com mais títulos no Palmeiras:

Vanderlei Luxemburgo - 8 títulos
- Campeonato Brasileiro (1993 e 1994)
- Campeonato Paulista (1993, 1994, 1996, 2008 e 2020)
- Torneio Rio-São Paulo (1993)

Osvaldo Brandão - 7 títulos
- Campeonato Brasileiro (1960, 1972 e 1973)
- Campeonato Paulista (1947, 1959, 1972 e 1974)

Abel Ferreira - 6 títulos
- Libertadores (2020 e 2021)
- Campeonato Brasileiro (2022)
- Copa do Brasil (2020)
- Recopa Sul-Americana (2022)
- Campeonato Paulista (2022)

Felipão - 6 títulos
- Libertadores (1999)
- Campeonato Brasileiro (2018)
- Copa do Brasil (1998 e 2012)
- Copa Mercosul (1998)
- Torneio Rio-São Paulo (2000)

Últimas