Lance 49ers conta com defesa forte para levar 6º título de Super Bowl

49ers conta com defesa forte para levar 6º título de Super Bowl

Além do bom sistema defensivo, equipe de San Francisco é comandada por Jimmy Garoppolo e um forte grupo de corredores. Linha ofensiva pode ser decisiva no jogo

Lance
Lance

Lance

Lance

Para a alegria de diversos fãs de uma das maiores torcidas de futebol americano no Brasil, o San Francisco 49ers está de volta ao Super Bowl. As 13 vitórias e apenas três derrotas ao longo da temporada regular, além da segunda melhor campanha durante os 16 jogos dentre todos os times da NFL, mostra o quão dominante é este time. O elenco que começou a ser montado com a chegada de Kyle Shanahan como técnico principal em 2017 prova que em pouco tempo consegue alcançar um alto patamar.

Além do comandante, o quarterback Jimmy Garoppolo chegou ao final daquele ano do New England Patriots para ser titular e virar o maior jogador do time. Logo em seu primeiro ano com a camisa do Niners, foram cinco jogos como titular e 100% de aproveitamento, mas em 2018 foi limitado a apenas três jogos devido a lesão. Já nesta temporada conseguiu jogar as 16 partidas e, apesar dos números não chamarem tanta atenção, foi um dos protagonistas a levar o San Francisco de volta ao Super Bowl.

A campanha de 13 vitórias e apenas três derrotas teve como grande pilar uma forte defesa liderada pelo calouro Nick Bosa, que chegou à NFL após ser draftado da universidade de Ohio State. O sistema comandado pelo coordenador defensivo Robert Saleh foi o segundo melhor em números de jardas cedidas ao adversário por jogo (281,8) e o melhor em jardas aéreas concedidas aos rivais por partida (169,2).

Apesar de diversos times terem como atração o quarterback, o 49ers mostra que o forte é o sistema como um todo e um dos pontos principais é o grupo de running back’s que fizeram com que a franquia fosse a segunda melhor correndo com a bola com 144,1 jardas por partida, atrás apenas do Ravens. O conjunto formado por Tevin Coleman, Raheem Mostert e Matt Breida vem fazendo estragos ao longo da temporada regular, mas principalmente nos playoffs.

A equipe chegou no Super Bowl após derrotar o Minnesota Vikings por 27 a 10 e depois vencer o Green Bay Packers por 37 a 20. Nesta última partida o destaque foi todo para Mostert com 220 jardas e quatro touchdowns anotados. Já o quarterback Jimmy Garoppolo tentou apenas oito passes e completou seis para 77 jardas, números extremamente baixos. Agora, o 49ers está em busca de seu sexto troféu Vince Lombardi.

Destaques
Um dos principais nomes do time do San Francisco 49ers é o tight end George Kittle. Assim como Garoppolo e Shanahan, o jogador chegou ao time em 2017 por meio do draft. Além de ser uma arma para conseguir jardas e anotar touchdowns, o atleta tem a importante função de fazer bloqueios chaves em algumas jogadas que ajudam sua franquia a avançar no campo, conquistar território e ficar mais perto de pontuar a cada campanha.

Kittle foi o principal recebedor do time e tem números dignos de um wide receiver (recebedor). Durante a temporada regular, foram 1053 jardas aéreas e cinco touchdowns anotados. Isso porque o jogador perdeu dois jogos por lesão, não conseguindo números ainda mais impressionantes. Sua força física e qualidade técnica serão chaves para San Francisco conquistar jardas.

Outro jogador que chama atenção neste time é Richard Sherman que está de volta ao Super Bowl após ter ido pela última vez defendendo as cores do Seattle Seahawks em 2015. O veterano de 31 anos foi contratado pelo 49ers em 2018 após ter sofrido grave lesão no tendão de aquiles em 2017 e deu a volta por cima, está jogando em alto nível, teve três interceptações durante a temporada regular e duas nos playoffs, umas delas no último lance da final da Conferência Nacional (NFC).

Histórico
O San Francisco 49ers é um dos times mais tradicionais e neste domingo fará sua 7ª aparição no Super Bowl. Nas cinco primeiras vezes o time foi campeão, quatro delas com Joe Montana, um dos maiores quarterback’s de todos os tempos, e a última conquista sob comando de Steve Young. O time foi derrotado em 2012 para o Baltimore Ravens. Além dos dois grandes passadores, o time também foi casa de Jerry Rice, o maior wide receiver de todos os tempos e que conquistou três Vince Lombardi.

Curiosidade
A final deste domingo será disputada em Miami, na Flórida, e, coincidentemente, foi onde a equipe do 49ers conquistou seu último título em 1995. Naquela ocasião, a franquia derrotou o San Diego Chargers, hoje Los Angeles Chargers, que, assim como o adversário desta vez, o Kansas City Chiefs, pertence e AFC Oeste. Coincidências que agradam e muito os torcedores da Califórnia.

Últimas