Jogador mais antigo do Palmeiras, Victor Luís comemora seis anos de estreia

O lateral-esquerdo Victor Luís, do Palmeiras, comemora nesta segunda-feira uma nova data na trajetória de 16 anos dentro do clube. O jogador do elenco atual com mais tempo de casa estreou pela equipe principal há exatos seis anos, em um jogo do Campeonato Paulista, e vive nesta temporada uma espécie de nostalgia ao ser comandado pelo técnico que foi protagonista de uma de suas grandes alegrias como torcedor.

O jogador era ainda um garoto prestes a completar 15 anos quando estava na arquibancada do antigo Palestra Itália e o Palmeiras venceu o Campeonato Paulista pela última vez, em 2008. Ao lado do pai, Eraldo, Victor Luís presenciou a vitória por 5 a 0 sobre a Ponte Preta e comemorou o título da equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo, mesmo treinador que atualmente dirige o time.

Mas na verdade a relação entre Victor Luís e o Palmeiras tem um outro marco inicial. O jogador chegou às categorias de base do clube aos 11 anos em 2004. "Sou o único jogador que passou por todas as categorias, chegou ao profissional e pode ser campeão. Isso é gratificante demais", disse ao Estado. A estreia no elenco profissional viria em 9 de março de 2014 em uma partida contra o Paulista, em Jundiaí.

O lateral-esquerdo entrou no segundo tempo na vaga do meia Bruno César e iniciou uma longa relação com o elenco profissional do clube. Apesar de ter sido emprestado para Ceará e Botafogo, Victor Luís é o jogador atual com o mais longo vínculo profissional com o time principal. Ao todo ele já atuou em 114 partidas e marcou três gols.

Um desses gols, inclusive, o lateral-esquerdo recorda com bastante carinho pois foi a primeira vez que marcou como profissional. "Um jogo que me marcou bastante foi em 2014, com a Fiorentina. Pude fazer o gol. Tenho a camisa guardada até hoje", contou. O uniforme azul está em um quadro na parede da sua casa. No mesmo ano, ele viveu a angústia de ajudar o time na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro em pleno ano do centenário.

Victor Luís e outros garotos recém-promovidos da base como Nathan, João Pedro, Gabriel Dias e Renato receberam a responsabilidade de virarem titulares na reta decisiva da temporada. "Era um momento difícil do clube brigando pela permanência, mas pude ser feliz. Quando a gente quer jogar, não escolhe o momento", disse. "Foi um momento de muita entrega, pude crescer profissionalmente e pessoalmente. Eu me tornei um homem muito cedo com as experiências vividas dentro do clube", completou.

Nesta temporada, o jogador tem oito partidas disputadas, seis delas pelo Paulistão. Segundo dados do Footstats, ele é um dos atletas com maior acerto de passes (94,7%). Na lateral, ele tem enfrentado a concorrência de Diogo Barbosa e do uruguaio Matías Viña.

Um dos melhores momentos de Victor Luís nesses seis anos como profissional no Palmeiras foi o título brasileiro de 2018. Naquele ano ele atuou em 22 das 38 rodadas e marcou o gol da vitória por 3 a 2 sobre o Santos, em uma das últimas partidas da temporada. "Espero que essa história tenha vários finais felizes como teve em 2018, quando foi campeão brasileiro", comentou.