Jogada 10 Vasco já tem data definida para estrear na Copa do Brasil

Vasco já tem data definida para estrear na Copa do Brasil

Cruz-Maltino enfrentará o Marcílio Dias, no dia 27 de fevereiro, no estádio Doutor Hercílio Luz, em Itajaí

Jogada 10
Flavio Roberto/CN Marcilio Dias

Flavio Roberto/CN Marcilio Dias

Jogada 10

O Vasco já te ciência da data em que vai estrear na Copa do Brasil. O Cruz-Maltino enfrentará o Marcílio Dias, no estádio Doutor Hercílio Luz, em Santa Catarina. O duelo vai ocorrer no dia 27 de fevereiro, com confirmação do presidente da Federação Catarinense de Futebol, Rubens Angelotti.

A partida será mantida na cidade-sede do Marinheiro, Itajaí. O mandatário do Marcílio Dias, Tarcísio Guedim, admitiu que recebeu algumas consultas para levar o jogo para outros locais. As propostas variavam entre R$ 2,5 milhões e R$ 3,5 milhões, mas nenhuma foi considerada atrativa e foram descartadas.

“Recusamos. Nossa opção é respeitar o torcedor, respeitar a cidade, a região. É um jogo importante para história do Marcílio Dias. Abrimos mão desse valor para valorizar nossa torcida com esse jogo. Nem todos poderão acompanhar no estádio, mas é importante para a região”, assegurou o presidente.

Como a opção foi por preservar a partida no estádio também conhecido como ‘Gigantão das Avenidas’, os preços dos ingressos devem variar entre R$ 250 e R$ 350. Inclusive, há a possibilidade de aumentar a capacidade do local em até duas mil pessoas com uma arquibancada móvel.

Alguns dos possíveis destinos apontados eram Florianópolis ou Nordeste. No entanto, poderia haver uma inversão de mando de campo. Afinal, tanto Itajaí como as outras duas opções possuem alta concentração de torcedores do Vasco. Isso porque ao lado de Corinthians, Flamengo, Palmeiras e São Paulo são os únicos com torcida a nível nacional.

Vasco estreou na edição anterior da Copa do Brasil em Brasília

Na edição passada da Copa do Brasil, o primeiro adversário do Vasco foi o Trem, do Amapá. Na oportunidade, a presidente do clube, Socorro Marinho, recebeu algumas ofertas e decidiu vender o mando de campo para Brasília. A justificativa da escolha segundo a mandatária não foi financeira.

Na verdade, segundo a dirigente a escolha pela cidade foi por ser o centro político nacional. Ou seja, o seu plano era chamar a atenção dos políticos e tentar convencê-los a investir no crescimento do futebol amapaense. Na ocasião, o Vasco aplicou uma goleada de 4 a 0 sobre o Trem e avançou para a segunda fase da Copa do Brasil.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Últimas