Jogada 10 Vasco encaminha empréstimos de Barros e Miranda ao Amazonas

Vasco encaminha empréstimos de Barros e Miranda ao Amazonas

O Cruz-Maltino deve ceder Barros por empréstimo até o fim da Série B. Tanto ele como Miranda não faziam parte dos planos da comissão...

Jogada 10
Foto: Daniel Ramalho/Vasco

Foto: Daniel Ramalho/Vasco

Jogada 10

O Vasco ficou próximo de emprestar dois jogadores para o Amazonas. Tratam-se do zagueiro Miranda e do volante Cauã Barros. A respeito do segundo, o Jogada 10 apurou que as tratativas estão encaminhadas, e o Cruz-Maltino deve cedê-lo à equipe do Norte até o final da Série B. O atleta não estava nos planos da comissão técnica. A informação inicial do negócio é do jornalista Venê Casagrande.

Além da busca por contratações, o Gigante da Colina se movimenta para abrir espaço no elenco com a saída de atletas sem espaço. Além de Barros, o clube já emprestou o atacante Orellano para o FC Cincinnati, dos Estados Unidos. Outros atletas nesta condição devem ter seus futuros definidos até o da janela. São os casos dos zagueiros Capasso, Miranda e Zé Vitor.

Cauã e os demais atletas citados já faziam parte do elenco profissional na temporada passada, porém, para 2024, saíram dos planos da comissão técnica. Tanto que os cinco jogadores não estiveram no grupo que viajou para a pré-temporada em Punta del Este, no Uruguai.

Com isso, eles permaneceram no Rio de Janeiro para disputar as duas primeiras rodadas do Carioca e serem reavaliados, mas eram vistos como negociáveis. Inicialmente, o planejamento era que apenas De Lucca e Orellano, dos atletas que continuaram no Brasil, retornassem ao elenco. Contudo, apenas o primeiro seguiu.

Trajetória de Barros e Miranda pelo Vasco

Tanto Barros como Miranda são revelações das categorias de base do Vasco. O segundo está no profissional desde 2020, mas nunca conseguiu se firmar. Entre 2021 e 2022 pouco atuou, porque recebeu uma punição após ser pego em exame antidoping.

Ele pôde retornar aos gramados durante o segundo turno da última participação na Série B da equipe. Nesta temporada, perdeu bastante espaço com a reformulação no sistema defensivo do Cruz-Maltino. Especialmente com as chegadas de João Vitor e Rojas.

Já o volante Barros passou a fazer parte do elenco principal em 2023. O jovem teve boa apresentação no início do Carioca, no clássico com o Botafogo. Entretanto, Barbieri optou por não utilizá-lo mais com tanta frequência. Após a sua saída, o técnico Ramón Diaz preferiu não utilizar os jovens em um cenário conturbado. Além disso, o jogador perdeu espaço por casos de indisciplina e também devido a uma lesão no primeiro semestre de 2023.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Últimas