Jogada 10 Vasco empresta atacante Figueiredo ao Coritiba até o fim da temporada

Vasco empresta atacante Figueiredo ao Coritiba até o fim da temporada

Clubes entram em acordo por empréstimo com opção de compra fixada, e Figueiredo vai jogar a Série B pelo Coxa

Jogada 10
Foto: Daniel Ramalho / Vasco

Foto: Daniel Ramalho / Vasco

Jogada 10

Vasco e Coritiba entraram em acordo nos últimos dias por Figueiredo. Aos 22 anos, o atacante terá sua primeira oportunidade longe de São Januário, após se formar na base do clube e fazer 97 jogos nos profissionais. O negócio, afinal, é por empréstimo até o fim da temporada, com opção de compra fixada em 3 milhões de euros (equivalente a R$ 15.3 milhões). Com isso, ele vai defender o Coxa na luta pelo acesso à elite.

Foi justamente na Série B, de 2022, que Figueredo teve seu melhor momento pelo Vasco. Com seu potente chute de longa distância, marcou quatro gols e decidiu, por exemplo, a partida contra o Bahia, no Rio. Antes, havia sido o principal artilheiro da Copinha. No último ano, não balançou as redes, caiu de rendimento e foi reserva em quase todas as partidas com os técnicos Mauricio Barbieri e Ramón Díaz.

O Coritiba, que terá Guto Ferreira no comando, pode aproveitá-lo como ponta ou centroavante. Quando necessário, no Cruz-Maltino, foi até improvisado como segundo volante e lateral-direito, sem comprometer.

Juninho vai para o Goiás

Sem contrato com o Vasco desde a virada do ano, o volante Juninho acertou com o Goiás e vai enfrentar o ex-companheiro Figueiredo na Segundona. Aos 22 anos, o jogador defendeu o Orlando City na última temporada, mas praticamente só atuou no time B norte-americano. Com isso, não houve interesse em mantê-lo.

O Cruz-Maltino, então, optou por não renovar com Juninho. Ele subiu para os profissionais em 2019, quando foi vice-campeão da Copinha pelo clube, fez 31 partidas e marcou um gol. Além disso, se envolveu em algumas polêmicas extracampo pela postura e excessos na noite.

Miranda deve deixar o Vasco

Outro jogador que está perto de deixar São Januário é Miranda. O zagueiro até foi aproveitado em 2023, entrando em campo 16 vezes, mas nunca conquistou a confiança das comissões técnicas. Com a chegada de João Victor e o paraguaio Robert Rojas, o setor está inchado, o que facilita o adeus de Miranda. Seu contrato vai apenas até o meio deste ano.

Desde o fim do Brasileirão, há um mês, o Vasco já liberou o goleiro Ivan (Internacional), os laterais-esquerdos Jefferson (Juventude) e Riquelme (Sport), o zagueiro Robson (Nice-FRA) e os atacantes Alex Texeira (ainda sem clube), Sebastián Ferreira (Houston Dynamo-EUA) e agora Figueiredo (Coritiba). Outros dois voltaram de empréstimo: o volante Rodrigo e o goleiro Alexander, que têm futuro indefinido.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas