Jogada 10 Três dias e 28 testemunhas: saiba detalhes do julgamento de Daniel Alves

Três dias e 28 testemunhas: saiba detalhes do julgamento de Daniel Alves

Daniel Alves vai enfrentar três dias de julgamento e está programado para falar no primeiro dia de trabalho, que terá início no dia...

Jogada 10
Foto: Reprodução/Instagram

Foto: Reprodução/Instagram

Jogada 10

Na próxima segunda-feira (5), terá início, na Espanha, o julgamento do lateral-direito Daniel Alves, acusado de estupro contra uma jovem de 23 anos, em Barcelona, no fim de 2022. O juízo promete ser longo, pois tem várias testemunhas.

As sessões serão presididas por Isabel Delgado Pérez, acompanhada de Luís Belestá Segura e Pablo Diez Noval. Os trabalhos vão começar no dia 5 de fevereiro, na próxima segunda-feira. A tendência é de durar três dias.

A programação, aliás, já está feita. Daniel Alves será ouvido no primeiro dia. A tendência é que ele seja um dos primeiros. Além dele, outras seis testemunhas, tanto de acusação quanto de defesa, também devem falar.

Outras 22 testemunhas serão ouvidas no segundo dia. Por fim, no terceiro, serão feitas análises periciais do caso, como exames médicos feitos na mulher. Além disso, imagens de circuito interno da boate serão mostradas.

A vítima não deve ir ao julgamento, conforme circula nos bastidores da imprensa espanhola. Isso seria para evitar contato com meios de comunicação, além de outras pessoas envolvidas no caso.

Jornalistas não terão acesso ao interior da Audiência em Barcelona, tal qual não será possível usar imagens e áudios na transmissão interna.

Como está a situação de Daniel Alves

O jogador está preso desde 20 de janeiro de 2023. Ele é suspeito de crime sexual contra uma jovem de 23 anos, no fim de dezembro. A Justiça, aliás, ordenou a prisão após depoimentos contraditórios do jogador brasileiro. A acusação pede pena máxima, portanto, 12 anos de reclusão pelas leis da Espanha. O Ministério Público, por sua vez, pede nove anos de reclusão.

Daniel Alves começou a carreira no Bahia. Ainda jovem, foi para o Sevilla. Em seguida, foi contratado pelo Barcelona, onde teve o maior sucesso no futebol. Atuou ainda por Juventus (ITA), Paris Saint-Germain (FRA), São Paulo e, por fim, Pumas (MEX).

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas