Jogada 10 Tite analisa pré-temporada e montagem do elenco: ‘Dois por posição’

Tite analisa pré-temporada e montagem do elenco: ‘Dois por posição’

Em entrevista coletiva, gaúcho esclarece como entende a relação de confiança com os atletas e que Flamengo tem que ter um elenco forte...

Jogada 10
 - Foto: Gilvan de Souza /CRF

- Foto: Gilvan de Souza /CRF

Jogada 10

O Flamengo segue sua pré-temporada nos Estados Unidos. Nesse sentido, Tite concedeu sua primeira entrevista coletiva da pré-temporada antes do amistoso contra o Orlando City. O comandante rubro-negro analisou esse momento inicial com o elenco antes de enfrentar o calendário intenso do futebol brasileiro.

“A relação de confiança é quando há tempo junto, quando há cuidado do técnico para com os atletas e com a equipe. As verdades do seu jeito, positivas ou negativas. Eu não imponho, mas faço atleta refletir. Ele escolhe o seu caminho, mas eu coloco o trabalho”, explicou o comandante, antes de completar:

“O conhecimento daquilo que se faz, se não há conhecimento técnico e tático, quantificação de cargas, não adianta. Então cuida da qualificação profissional, das relações de transparência e das relações humanas, aí a confiança pode se estabelecer. Esse tempo todo nos permite isso”, acrescentou.

Concorrência interna e meritocracia

O treinador também falou sobre a montagem do elenco para a temporada de 2024. De acordo com a visão de Tite, um clube como o Flamengo tem que ter pelo menos dois atletas por posição para haver uma competição interna de forma sadia. Desde os 12 jogos que comandou em 2023, o gaúcho tem adotado a meritocracia e colocado quem acredita estar melhor, no momento.

“O que eu acredito numa equipe do tamanho do Flamengo: ter dois atletas em cada posição é importante. Porque é inevitável um momento de decréscimo técnico, problema físico ou convocação. E o Flamengo enquanto instituição tem que ter uma equipe forte. Tenho colocado isso para eles. Depois o técnico vai agradar 11 que vão ficar contentes. Cinco vão entrar em condições normais e vão ficar um pouco satisfeitos com o técnico. Os outros não vão gostar, mas vão ter o meu respeito e o trabalho”, frisou:

“Porque daqui a pouco, na outra semana, eles podem estar nesses 11 e vão gostar do trabalho do técnico. Mas uma coisa eles têm, e eu não faço isso numa conversa com a imprensa, faço atrás dos panos: o respeito e o trabalho meu e da comissão tem que ser igual. Senão fica muita conversa e não deixa de fazer. Queremos ter o respeito e o trabalho com todos eles. Depois a oportunidade vai acontecer”, completou.

Por fim, o elenco principal do Flamengo volta a campo no sábado (27), às 15h (de Brasília), para medir forças no amistoso contra o Orlando City. Por outro lado, a equipe alternativa joga pelo Carioca, às 18h10, diante da Portuguesa-RJ, na Arena das Dunas, em Natal.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas