Jogada 10 Técnico diz que time alternativo do Flamengo jogou ansioso

Técnico diz que time alternativo do Flamengo jogou ansioso

Mário Jorge analisa empate em 1 a 1 da equipe reserva do Rubro-Negro e exalta participação dos jogadores neste início de Carioca

Jogada 10
Foto: Divulgação / Flamengo  “

Foto: Divulgação / Flamengo “

Jogada 10

O time alternativo do Flamengo não jogou bem e empatou em 1 a 1 com o Nova Iguaçu neste domingo (21), no Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB). A partida foi válida pela 2ª rodada do Campeonato Carioca. O técnico Mário Jorge, à frente da equipe de garotos, analisou o desempenho do time.

Mesmo sem levar três pontos para casa, Mário Jorge gostou da atuação do time, principalmente na etapa final da partida. Para o treinador, os garotos estavam nervosos no início do jogo. No entanto, segundo ele, os jogadores se empenharam em campo.

“O positivo é que o segundo tempo foi muito bom. Adiantamos a equipe e jogamos por mais tempo no campo do adversário. Criamos situações e fizemos o gol com Thiago. Acho que tínhamos de controlar a ansiedade. Os meninos entraram muito ansiosos e tomando algumas decisões equivocadas, mas é algo natural para um time jovem. No balanço geral, acredito que entregamos bem e tenho certeza que os meninos vão evoluir”, afirmou Mário Jorge.

Mario Jorge, que está interinamente à frente do time, afirmou a importância de ter Tite no comando do time. Segundo ele, a presença de Tite, ex-técnico da Seleção, é positiva para todos que estão no time alternativo neste início de Carioca.

“Conviver com Tite no nosso dia a dia é proveitoso e incrível, tanto para mim, como para os atletas. Espero que eles possam aproveitar a presença de Tite no clube. Será um grande aprendizado para as nossas carreiras”, disse Mário Jorge.

Oportunidade para equipe jovem

O treinador interino, no entanto, disse que os jovens do time alternativo estão tendo uma ótima oportunidade neste início de Carioca. Segundo Mário Jorge, ter saído atrás no placar e ter ido buscar o empate foi importante, principalmente com o apoio da torcida da Paraíba, que lotou o estádio.

“No futebol há muita cobrança. Para aqueles garotos ter a experiência de sair atrás do placar e buscar o empate, tenho certeza que eles viveram literalmente a música cantada nas arquibancadas “Vai para cima deles, Mengo”. Acho que a experiência que eles tiveram será muito importante para a formação deles”, disse o treinador.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas