Jogada 10 Talleres cobra do Corinthians pagamento da venda de Garro

Talleres cobra do Corinthians pagamento da venda de Garro

Clube deve parcela de R$ 20 mi e ainda não conseguiu regularizar jogador na CBF; argentino segue sem poder estrear no Paulistão

Jogada 10
Foto: Rodrigo Coca/Corinthians

Foto: Rodrigo Coca/Corinthians

Jogada 10

Presidente do Talleres, o argentino Andrés Fassi cobrou o Corinthians, nesta terça-feira (23), o pagamento de quatro milhões de dólares (R$ 20 milhões) referente à primeira parcela da venda do meia Rodrigo Garro. Dessa forma, o clube paulista ainda não conseguiu inscrever o jogador na CBF.

Para fazer o registro de Garro no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, e em seguida inscrevê-lo no Campeonato Paulista, o Corinthians, no entanto, precisa pagar a parcela inicial da compra. Afinal, de acordo com o dirigente argentino, o pagamento à vista ainda não foi efetuado.

“Espero que o Corinthians faça o pagamento entre segunda e terça-feira. Negociamos um percentual dividido com o Instituto de Córdoba, com uma série de situações e uma possível venda futura. Mas a parte que tínhamos, vendemos 100%”, disse o dirigente.

Rubens Gomes, diretor de futebol do Corinthians, também falou sobre o incômodo assunto envolvendo Rodrigo Garro. No entanto, o dirigente pareceu se esquivar da polêmica.

“A parte financeira já não cabe a mim. Isso (20 milhões) aí não sei se já está pago”, disse o dirigente em entrevista após a classificação do clube para a final da Copinha 2024.

A compra de Rodrigo Garro teve acerto de seis milhões de dólares entre os clubes, restando ainda mais dois milhões divididos em outras parcelas. Estas, porém, são irrelevantes para a inscrição do jogador no Campeonato Paulista.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas