Jogada 10 Rodrigo Caetano recusou Corinthians por ‘compromisso moral’

Rodrigo Caetano recusou Corinthians por ‘compromisso moral’

Dirigente do Atlético Mineiro foi procurado por Augusto Melo, presidente eleito do Corinthians, mas deu sua palavra de que ficaria...

Jogada 10
Foto: Pedro Souza/Atlético

Foto: Pedro Souza/Atlético

Jogada 10

Pela primeira vez, Rodrigo Caetano falou sobre sua recusa a uma proposta do Corinthians, para ser diretor de futebol do clube. O dirigente do Atlético Mineiro, com o qual tem contrato, disse que este foi o principal motivo para dizer não ao Timão. Ainda de acordo com o gaúcho, ele já tinha dado sua palavra aos atleticanos de que não deixaria o clube. Assim, corintianos buscaram Rubens Alves, o Rubão, para o posto inicialmente oferecido pelo presidente eleito, Augusto Melo.

“Realmente, tive uma consulta do presidente Augusto Melo e do Rubão. Obviamente, isso deixa qualquer profissional balançado, o Corinthians é um dos maiores clubes do mundo, mas tenho contrato com o Galo. Por mais que não tenha multa rescisória a partir de janeiro, tem toda uma questão minha com Belo Horizonte e com o Galo, com as pessoas que assumiram a gestão e o presidente”, disse Rodrigo, ao portal ‘ge’.

Rodrigo Caetano ainda fez questão de destacar que esta oportunidade apareceu após Augusto Melo ser eleito presidente do Corinthians. Ele também garantiu que, mesmo com a procura paulista, não mudou o foco em relação a todo o planejamento tinha traçado para o Galo em 2024. Ainda assim, agradeceu aos corintianos pela proposta:

“Foi um contato com os novos gestores do Corinthians, mas tenho contrato e minha opção foi continuar no Galo e dar sequência ao meu trabalho dos últimos três anos. Nunca me afastei do planejamento do Galo, pois esse é meu compromisso profissional e moral. Lamento não poder dar esse novo passo, mas me sinto valorizado, honrado, reconhecido e acarinhado no Galo, pela torcida, imprensa, funcionários”.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas