Jogada 10 Raphael Veiga lamenta empate do Palmeiras no último minuto

Raphael Veiga lamenta empate do Palmeiras no último minuto

Após manter vantagem ao longo do jogo, Verdão cedeu empate ao Novorizontino na estreia do Paulista de 2024

Jogada 10
Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Jogada 10

Logo após o jogo contra o Novorizontino, neste domingo (21/1), o meio-campista Raphael Veiga lamentou o gol de empate do rival (1 a 1), que saiu já no fim dos acréscimos, aos 51 minutos. Assim, o volante Willian Farias jogou água no chope do Palmeiras.

“A gente levou um gol no último lance, é mal, né, pois é sempre bom começar o ano vencendo, pra dar confiança”, disse.

Veiga foi o autor do gol do Palmeiras, aos 17 do segundo tempo.  O estreante Aníbal Moreno entrou em campo e deu um toque preciso para Marcos Rocha, quer cruzou . Raphael Veiga, sem marcação, cabeceou estufando a rede.

O atacante aproveitou para destacar que seu gol foi de cabeça, algo que ele vem tentando aprimorar nos últimos meses.

“Eu tô melhorando, no último ano eu fiz 2 ou 3, mas este ano vou fazer mais”, prometeu.

Eleito o Craque do Jogo, Veiga ressaltou a união da equipe na hora de receber o prêmio.

“Isso aqui, na verdade, é importante, mas eu não consigo fazer sozinho. Então se eu recebo prêmios individuais é porque o nosso coletivo está muito bem”, declarou, acrescentando que o foco agora já é o próximo jogo (quarta-feira, 24/1, contra Inter de Limeira).

Frustração do Palmeiras; alívio do Novorizontino

O empate frustrou a expectativa dos palmeirenses, mas causou alívio no público do estádio Doutor Jorge Ismael de Biasi, o Jorjão, na cidade de Novo Horizonte. Os torcedores acompanharam a luta dos jogadores em busca do gol que impediria uma derrota já na largada do Campeonato Paulista de 2024.

Os anfitriões mantiveram forte pressão no Verdão até o fim do jogo. Inclusive, o zagueiro César Martins quase marcou um gol, no começo dos acréscimos. Mas a bola passou rente à trave. Entretanto, já no finzinho, Willian Farias invadiu a área e finalizou no canto de Weverton. Ironicamente, a jogada começou numa falha do goleiro palmeirense que, em vez de dar um chutão, lançou uma bola atrasada para a lateral e facilitou a vida do adversário.

Sobre o gol de empate, seu autor, Willian Farias, enfatizou a perseverança do time.

“Criamos essa identidade de nunca desistir e foi assim durante todo o ano. Estávamos fazendo um bom jogo e tivemos mais oportunidades claras e mais chances. No final, fui abençoado com o gol”, disse o atacante paranaense, de 34 anos, que chegou ao Novorizontino no dia 12 de janeiro, vindo do Coritiba.

“Estou aqui para ajudar, fui muito bem recebido por todos,  vou me entregar 100% nos treinos e nos jogos para conquistarmos nossos objetivos”.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas