Jogada 10 Na bronca com Vasco, Souza se apresenta na Turquia: ‘Reconhecem meu valor’

Na bronca com Vasco, Souza se apresenta na Turquia: ‘Reconhecem meu valor’

Volante de 34 anos fechou com o Istambul Basaksehir e culpa mudança de direção no futebol do Vasco pela falta de acerto

Jogada 10
Foto: KENZO TRIBOUILLARD / AFP

Foto: KENZO TRIBOUILLARD / AFP

Jogada 10

O reencontro entre Vasco e Souza durou apenas três meses e não se estendeu para dentro de campo. Afinal, o volante de 34 anos já se apresentou ao Istambul Basaksehir, da Turquia, e assinou um novo contrato, após realizar a recuperação de lesão no joelho no CT Moacyr Barbosa. Com isso, deixou de lado sua vontade de participar do novo momento do clube que o revelou e ficou na bronca.

De acordo com Souza, já havia um acordo verbal com o diretor de futebol da SAF, Paulo Bracks. No entanto, o executivo foi demitido logo após o fim do Brasileirão. A partir daí, chegou Alexandre Mattos, que não o tratou como prioridade e nem a comissão técnica de Ramón Díaz. Ainda com esperança, o veterano deu o recado de que aguardaria até o Natal, mas as negociações não evoluíram.

“Expliquei através dos meus representantes a urgência de pelo menos me darem uma resposta se pretendem assinar comigo ou não, nem ligo para os valores e já expresseii isso. Porém, não tive resposta e o prazo que tinha dado pro time turco esperar expirou. Difícil porque na minha mente eu ia jogar no Vasco. Estou indo para um país que reconhecem meu valor e irei ganhando bem, apesar de não ser mais minha prioridade”, disse Souza, em mensagens ao perfil “Leo Made In Colina”.

Souza toparia contrato por produtividade

Recentemente, o volante afirmou que aceitaria até mesmo um contrato por produtividade, devido ao tempo inativo e à idade avançada. Por sinal, repetiu algumas vezes que não precisava mais de dinheiro e queria retornar ao Vasco por amor e gratidão.

“Contrato de produtividade só não serve pra quem tem medo, se o contrato for justo eu aceito assim, pra mim não teria problema nenhum. Tenho totais condições de jogar. Quero muito poder ajudar o clube, e eu quero porque sei que consigo, juntamente com outras peças que ainda vão chegar, dá para melhorar ainda mais. Se houver essa possibilidade, seria um prazer muito grande atuar ao lado dessa torcida de novo”, declarou, em entrevista ao Podcast ‘Futbolaço’.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas