Jogada 10 Medel exalta missão cumprida no Vasco: ‘Cheguei com o objetivo claro e lutei’

Medel exalta missão cumprida no Vasco: ‘Cheguei com o objetivo claro e lutei’

Identificado com a torcida do Vasco, Medel, chileno de 36 anos, enaltece o esforço da equipe e exalta a força dos cruz-maltinos na...

Jogada 10
Foto: Leandro Amorim/Vasco

Foto: Leandro Amorim/Vasco

Jogada 10

Capitão cruz-maltino, Medel soube representar em campo o torcedor do Vasco. Afinal, contratado como peça fundamental para evitar a queda para a Série B, o chileno, com muita raça, teve um papel muito importante no objetivo do time carioca no Brasileirão. De férias, ele olhou para trás, relembrou o processo de negociações com o clube de São Januário e falou sobre a missão da permanência na elite do futebol nacional.

“Sim, a verdade é que sim. Quando me falaram sobre a proposta do Vasco, eu estava de férias com a minha família e obviamente não pensei duas vezes. Eu gosto sempre de ter um objetivo e o objetivo claro quando cheguei ao Vasco era cumprir a meta de salvar. E a oportunidade foi dada. Cheguei quando tínhamos nove pontos, sem treinador e quando vinham falar comigo, eu dizia que falaria em campo. Cheguei com o objetivo claro e lutei. Consegui e trabalhei junto com os meus companheiros e conseguimos alcançar o objetivo”, disse Medel à “VascoTV”.

“O trabalho, o sacrifício, o companheirismo, jogar pela camisa pesada do Vasco, que é um clube muito grande. Aliás, é isso que você precisa. Se entregar em campo no dia a dia, seja nos treinamentos, seja nas partidas. Falando especificamente sobre mim, sempre dou o melhor que posso. Posso falhar, obviamente, mas sempre dou o melhor de mim, pelos meus companheiros e pelo clube, que é o mais importante”, completou.

LEIA: Rodrigo Dias retorna ao Vasco para o cargo de gerente executivo da base

Força da torcida do Vasco

Aliás, Medel, primeiro reforço do Vasco na segunda janela de transferências deste ano, chegou ao clube após vestir a camisa de grandes times, como Universidad Católica (CHI), Boca Juniors (ARG), Sevilla (ESP), Inter de Milão (ITA) e Besiktas (TUR). Mas, ainda assim, ele se impressionou com a força da torcida vascaína.

“Aqui se sente, obviamente, como da outra vez, quando jogamos contra o Flamengo e tínhamos 30% a menos de gente e nossa torcida cantou mais que todos eles. Uma coisa impressionante. Assim, estou muito agradecido por todo carinho que eles me entregam e eu busco jogar por eles em campo”, detalhou.

O chileno, que tem contrato com o Vasco até o fim de 2024, disputou 20 dos 24 jogos em que esteve à disposição, todos como titular.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas