Jogada 10 Larcamón, após vitória do Cruzeiro no clássico: ‘Sustentar a humildade’

Larcamón, após vitória do Cruzeiro no clássico: ‘Sustentar a humildade’

Larcamón salienta que é preciso seguir com a humildade mesmo após uma grande vitória no clássico de Minas Gerais

Jogada 10
Foto: Staff Images/Cruzeiro

Foto: Staff Images/Cruzeiro

Jogada 10

Após a vitória do Cruzeiro sobre o Atlético por 2 a 0, no clássico pelo Campeonato Mineiro, na Arena MRV, o técnico da Raposa, Nicolás Larcamón, ressaltou que é preciso seguir com os pés no chão.

Em coletiva de imprensa, o treinador argentino garantiu que o time celeste venceu uma importante partida, mas é preciso seguir com a humildade para a sequência da temporada.

“Da maneira que se ganhou, sendo parte da construção como time, o time jogou muito pelo jogo, com consistência, mas é parte do processo. Temos que sustentar a humildade principalmente. Agora não é positivo se tomar atitude de perder humildade. É só um grande triunfo. Para a torcida é importante, mas para a gente é só um grande passo”, salientou.

Aliás, questionado sobre as principais forças do Cruzeiro para vencer o Atlético, na Arena MRV, ele voltou a salientar a simplicidade.

“A humildade, a convicção. O time jogou bem no segundo tempo, foi dominante, em campo foi o que vimos trabalhando. Um jogo com tudo contra. Tudo era para o rival. Minha equipe principalmente teve humildade e muita convicção do que sabe fazer”, acrescentou.

Cruzeiro faz jogo consistente

A Raposa foi melhor na maior parte do jogo, conseguiu criar mais e sofreu poucos sustos. Aliás, foi isso que percebeu o técnico Nico Larcamón. Ele, contudo, fez questão de ressaltar as qualidades do rival.

“Foi um jogo que foi muito consistente na performance, contra um grande rival, tem grandes jogadores, um excelente treinador. Mas foi um jogo inteligente, consistente. Soubemos dar os golpes nos momentos importantes do jogo. Não perdemos o controle do jogo. Isso é importante pra gente”, finalizou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas