Jogada 10 Jogo do Paulistão A3 pode ser anulado por excesso de substituições

Jogo do Paulistão A3 pode ser anulado por excesso de substituições

Fato inusitado foi na partida Grêmio Prudente X Catanduva, no Paulistão, e teve como pivô o veterano Thiago Ribeiro, que fez golaço...

Jogada 10
Foto: Murilo Aguilar/Grêmio Prudente

Foto: Murilo Aguilar/Grêmio Prudente

Jogada 10

Um jogo da terceira divisão do Paulistão, Grêmio Prudente x Catanduva está atraindo a atenção por causa de um fato inusitado. Afinal, no duelo deste sábado (27/1) no Paulo Constantino, em Presidente Prudente (SP), o árbitro Vinícius Bettio apontou que houve seis substituições na equipe visitante. Ou seja, uma a mais que o limite permitido pelas normas do futebol. Assim, a partida, que o Catanduva venceu por 2 a 1, corre o risco de anulação. E mais: quem fez o gol foi exatamente o sexto a entrar, o veterano Thiago Ribeiro. E mais ainda: o gol foi de letra.

“Aos 79 minutos de jogo foi realizada uma substituição para a equipe Catanduva, sendo a do número 17, Nathan, no lugar do número 8, Pedro Demarchi, sendo essa a sexta substituição da equipe”, disse o juiz na súmula da partida.

A substituição indevida ocorreu dois minutos antes do gol da vitória do time de Catanduva – um golaço de letra do veterano Thiago Ribeiro, atacante de 37 anos que tem vasto currículo por times do Brasil e do exterior.  O gol, inclusive, foi o primeiro do atleta desde a sua chegada ao Catanduva, em outubro de 2023.

Ironicamente, Thiago foi o sexto a entrar em campo nas substituições do treinador Ivan Canela. Na súmula, o veterano consta como o quinto reserva que o técnico chamou. Mas, na prática, Thiago entrou em campo segundos depois de Nathan. Ou seja, a polêmica ganhou um ingrediente a mais.

Assim, o Grêmio Prudente tem todo interesse de uma anulação deste jogo do Paulistão, já que a derrota saiu dos pés de um jogador que, teoricamente, pisou no gramado num momento em que outros cinco atletas do banco de reservas já estavam a postos.

Treinador do Catanduva lamenta o erro no Paulistão

O técnico do Catanduva deu entrevista após o jogo e reconheceu o equívoco. Assim, ele lamentou que o resultado possa deixar de valer.

“Não sabemos o que vai acontecer. Um fato que nunca vi em outra oportunidade. Uma pena, pois foi um espetáculo bonito, independentemente de nossa vitória. Foi um jogo eletrizante”, disse.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas