Jogada 10 Jogador do Almería diz que Real Madrid venceu na ‘mão grande’

Jogador do Almería diz que Real Madrid venceu na ‘mão grande’

Após a derrota para o Real Madrid, de virada, Marc Pubill disse que arbitragem impediu vitória dos visitantes no Santiago Bernabéu

Jogada 10
Foto:  PIERRE-PHILIPPE MARCOU/AFP via Getty Images

Foto:  PIERRE-PHILIPPE MARCOU/AFP via Getty Images

Jogada 10

O defensor Marc Pubill, do Almería, saiu irritado de campo após a derrota para o Real Madrid, de virada, neste domingo (21/1). Afinal, os visitantes venciam por 2 a 0, em pleno estádio Santiago Bernabéu, quando houve uma reviravolta dentro de campo. Assim, o lanterna do Espanhol, que fazia bonito na casa dos Merengues, viu a vitória ruir com uma sucessão de lances polêmicos e discutíveis.  

Em primeiro lugar, um gol do Almería foi anulado de forma muito controversa. Além disso, o primeiro gol do Real Madrid foi de um pênalti em que o zagueiro tocou a bola porque tomou uma trombada. E, como se não bastasse, o gol de empate de Vini Jr, que na imagem tinha sido visivelmente de braço, foi registrado como de ombro, após uma consulta do árbitro ao VAR.

Após a partida, o meia espanhol de 1,91 metro detonou a arbitragem, mostrando que, apesar de jovem (20 anos), já está disposto a falar o que pensa, quando se sentir injustiçado.

“Alguém decidiu que não podíamos ganhar aqui (no Santiago Bernabéu). Não há mais nada a dizer”, afirmou o meia, que chegou ao Almería em agosto de 2023.

E nem precisava dizer mais nada. Afinal, o recado estava claro. Para Pubill – como para uma imensa torcida que assistiu ao jogo – a conduta da arbitragem cheirou mal.

Os gols do Almería foram no primeiro tempo: Ramazani e Edgar González. Os Merengues viraram na etapa final, com Belligham (de pênalti), Vini Jr (o tal gol ombro/braço) e Carvajal, já nos acréscimos, aos 55 da etapa final.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas