Jogada 10 Ferj aprova aumento de estrangeiros no Carioca

Ferj aprova aumento de estrangeiros no Carioca

Antes só era possível relacionar cinco jogadores gringos a cada jogo do Carioca. A nova proposta tem a intenção de ampliar para sete...

Jogada 10
Divulgação/FERJ

Divulgação/FERJ

Jogada 10

A Federação de Futebol do Estado do Rio (Ferj) comunicou que promoveu uma alteração no regulamento do Carioca, nesta segunda-feira (15). Trata-se do aumento do número de estrangeiros que podem a atuar nas partidas do estadual. O novo limite de gringos são sete, assim como no Campeonato Brasileiro. No antigo regulamento, era possível relacionar por jogo somente cinco atletas de fora do Brasil.

Em nota, o vice-presidente de competições, Marcelo Carlos Nascimento, notificou que houve uma decisão “após consulta aos representantes dos clubes envolvidos”.

Confira a nota completa sobre a mudança de regulamento do Carioca

Marcelo Carlos Nascimento Vianna, Vice-Presidente de Competições da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, no uso das atribuições que lhe são conferidas no Estatuto e no Regulamento Geral de Competições, Considerando que o artigo 47 do Estatuto da FERJ é claro ao indicar a competência exclusiva da Presidência da FERJ para aprovar o Regulamento Geral das Competições;

Considerando que o artigo 18, II do RGC é claro ao descrever a competência do DCO da FERJ para promover adaptações ao regulamento, sempre que necessário;

Ao considerar que os artigos 123 e 148 do RGC autorizam a expedição de instruções complementares que se fizerem necessárias à boa e fiel execução do próprio RGC, com vistas ao desenvolvimento das competições;

Considerando que após consulta aos representantes dos clubes envolvidos na disputa do Campeonato Carioca de 2024 estes concordaram com a possibilidade de elevar de 5 (cinco) para 7(sete) o número de atletas estrangeiros que poderão integrar a relação de jogo de cada partida da competição

RESOLVE:

ADAPTAR as disposições do artigo 53 do RGC para indicar que, especificamente em relação ao Campeonato Estadual da Série A de Profissionais de 2024 (Campeonato Carioca), não haverá limite para a inscrição e o registro de atletas estrangeiros pelos clubes nas competições, mas em cada partida somente 7 (sete) atletas poderão ser incluídos na relação de jogo, excepcionados os registrados como refugiados que se equiparam aos atletas nacionais. Ficam mantidas as demais disposições do RGC para o caso de descumprimento da diretriz introduzida.

Vasco e Botafogo se beneficiam com modificação

O Botafogo e o Vasco são os principais clubes grandes que se beneficiam com essa alteração. Afinal, no atual cenário, o Glorioso conta com dez estrangeiros e o Cruz-Maltino com sete em seus elencos. O time de General Severiano poderia ter 11, mas Cuesta, a princípio, não atua mais pelo clube.

No Gigante, o número pode aumentar. O clube possui negociações avançadas para contratar o volante Juan Sforza, do Newell’s Old Boys, da Argentina. Por outro lado, o Cruz-Maltino busca um novo destino para o atacante Orellano, que comunicou seu desejo de deixar o time carioca.

Os estrangeiros do Vasco são: Capasso, Orellano e Vegetti (Argentina), Medel (Chile), Payet (França), Puma Rodríguez (Uruguai) e Rojas (Paraguai). O Botafogo terá dez no grupo: Bastos (Angola), Alexander Barboza (Argentina), Jacob Montes (Nicaraguá), Gatito e Segovinha (Paraguai), Diego Hernández, Mateo Ponti, Valentín Adamo (Uruguai) e Savarino (Venezuela).

Enquanto isso, o Flamengo possui cinco gringos no seu grupo: Pulgar (Chile), Rossi (Argentina), Arrascaeta, De la Cruz e Varela (Uruguai). Já o Fluminense tem apenas três: Germán Cano (Argentina), Jhon Arias e Yony González (Colômbia).

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Últimas