Jogada 10 Ex-Grêmio troca a Bolívia pela Quarta Divisão da Polônia

Ex-Grêmio troca a Bolívia pela Quarta Divisão da Polônia

Atacante Fenga chegou a marcar dois gols na última Copa Sul-Americana. Ele explica o porquê optou pelo Leste Europeu

Jogada 10
 Foto: Divulgação/Stal Krasnik

Foto: Divulgação/Stal Krasnik

Jogada 10

O atacante Léo Fenga, formado nas categorias de base do Grêmio, é o novo reforço do Stal Krásnik, da Quarta Divisão da Polônia. O jovem de 22 anos firmou contrato com o clube europeu até junho de 2025. Sua última jornada foi no Blooming, da Bolívia.

“Sempre quando é um desafio novo, bate aquela ansiedade de poder estar estreando, mas estou muito tranquilo. Trabalhando forte. Estou me esforçando para poder mostrar o meu 100% quando eu for estrear por esse clube e tenho a certeza que, se Deus quiser, vamos escolher muitos frutos”, contou o brasileiro

Em seguida, Feng falou sobre o que o motivou a aceitar o desafio de jogar em uma liga secundária da Europa.

“Sempre sonhei em jogar na Europa e eu tenho certeza que, se Deus quiser, aqui vou ter uma grande temporada e eu vou conseguir realizar muitos meus sonhos”, festejou.

A fera chegou ao Grêmio em 2014 e, apesar de ter passado por todas as categorias da base do clube, não atuou profissionalmente pelo Imortal. Seu debute como profissional foi pelo Barra, no Campeonato Catarinense de 2022. No ano passado defendeu o Blooming, onde atuou por 16 partidas e marcou dois gols, ambos na Copa Sul-Americana.

“São países um pouco diferentes em questão de futebol, mas o que eu posso levar da Bolívia é uma experiência que eu tenho de ter jogado um campeonato como a Sul-Americana. Acho que isso fortalece não só o meu futebol, mas também o meu pensamento sobre o jogo. E eu tenho certeza que eu vou trazer muitas experiências que eu tive na Bolívia para cá e, se Deus quiser, fazer um grande ano”, disse.

Na Polônia, estrutura de elite

Apesar do Stal Krasnik estar na Quarta Divisão da Polônia, as dependências do clube surpreenderam positivamente.

“A estrutura do clube é simplesmente fantástica, me surpreendeu bastante. É um clube que tem muitos campos de treinamento, campos bons, estrutura de profissionais, estrutura de vestiário, de CT, de centro de treinamento, uma estrutura muito boa e realmente é um time muito organizado, que tem tudo para fazer um ótimo final de temporada” revelou.

O atacante não é o único brasileiro da equipe, além dele, mais dois atletas também foram contratados pelo Stal Krásnik nesta janela de transferências do mercado europeu.

“Aqui estamos em três brasileiros. Eu, o Igor, que é zagueiro, e o Guilherme, que atua como volante. E é muito importante a presença deles aqui, porque a gente consegue se adaptar junto aos outros e não ficamos sozinhos. A gente consegue ter a presença desses outros jogadores brasileiros e ter uma resenha entre a gente também. É muito importante a presença deles”, finalizou.

Ainda sem data definida para a estreia de Fenga, o Stal Krásnik deve voltar a atuar apenas em março.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas